Anunciado como o mais potente e eficaz Lamborghini de sempre, contando já inclusivamente com o título de carro de produção mais rápido em Nürburgring, o Huracán Performante apresentou-se em Genebra para deslumbrar. A começar, pelo facto de estrear o mais poderoso V10 alguma vez utilizado por um automóvel da marca de Sant’ Agata Bolognese, acompanhado da nova tecnologia aerodinâmica a que o fabricante chamou “Aerodinamica Lamborghini Attiva”.

Não escondendo a inspiração estilística na versão de corridas deste mesmo modelo, o Huracán Super Trofeo, o Performante tem na base o já conhecido V10 5,2 litros a gasolina posicionado por detrás das costas dos passageiros, embora, neste caso concreto, a anunciar uns impressionantes 630 cv de potência e 600 Nm de binário. E que, envergando válvulas de titânio, uma entrada de ar revista e um sistema de escape mais leve, conta ainda com o apoio de uma caixa automática de sete velocidades, encarregue de enviar a potência exclusivamente para as rodas traseiras.

[jwplatform zHGiwVUP]

A acompanhar este V10, uma construção elaborada segundo uma nova tecnologia já patenteada pela marca e que recorre a compósitos de fibra de carbono, com aplicação, nomeadamente, no fabrico dos spoilers dianteiro e traseiro, tampa do motor, assim como pára-choques e difusor traseiros. E que, permitindo reduzir o peso do veículo em 40 kg, vem somar-se à também nova tecnologia aerodinâmica desenvolvida pela Lamborghini para o modelo. Garantindo maior downforce, através de um novo ajuste dos flaps nos pára-choques dianteiro e traseiro, que depende da velocidade e violência da travagem.

16 fotos

Graças a este “compêndio tecnológico”, o Lamborghini Huracán Performante anuncia uma capacidade de aceleração dos 0 aos 100 km/h em apenas 2,9 segundos, e dos 0 aos 200 km/h em não mais que 8,9 segundos, com a velocidade máxima a rondar 325 km/h.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR