O jogador de basquetebol do Sport Lisboa e Benfica e campeão nacional Nicolas dos Santos viu os “momentos de muito medo e aflição” esta quarta-feira na praia de São João da Caparica, em Almada, quando uma avioneta fez uma aterragem de emergência no areal, provocando a morte de duas pessoas. O jogador revelou ter evitado “outra tragédia” quando decidiu ajudar o nadador salvador a impedir que os banhistas que se encontravam na praia agredissem o piloto.

Corri para ajudar o nadador salvador, pois havia cada vez mais pessoas a chegar à praia e queriam bater no piloto da avioneta e no tripulante, também eles cheios de medo. Eu meti-me no meio para tentar evitar que acontecesse outra tragédia. Quis ajudar”, contou o jogador do SL Benfica cuja história está partilhada na página oficial do clube.

O jogador defendeu que “a solução não era bater, era manter a calma e esperar que as autoridades, a polícia e a ajuda médica de emergência chegassem”, acrescentando que “manter a calma era o mais importante no momento”.

Avioneta aterra de emergência na praia de S. João da Caparica e faz dois mortos

Nicolas dos Santos estava na praia acompanhado pela mulher e reconheceu que “a tragédia não foi maior porque hoje [quarta-feira] era dia de semana, estava vento e, apesar de estarem bastantes pessoas na praia, esta não estava tão lotada como se fosse a um fim de semana. Podia ter sido muito pior”.