Familiar compacto que é também um dos best-sellers da Peugeot no nosso país, o 308 foi submetido a uma importante renovação. Revisto, principalmente, na tecnologia, conectividade, design e segurança, o 308 passa a estar disponível por preços a partir dos 23 mil euros, quando a gasolina, e dos 25.740€, se a gasóleo.

Mantendo a extensa oferta já conhecida em termos de níveis de equipamento – Acess, Active Allure, GT Line, GT e GTi -, o Peugeot 308 oferece, a partir de agora e segundo a versão escolhida, um arsenal tecnológico reforçado. Do qual se destacam, tanto no carro como na carrinha, as ajudas à condução já conhecidas dos mais recentes 3008 e 5008, como é o caso da Distance Alert com Active Safety Brake, alerta activo de transposição involuntária de faixa, sistema de detecção de fadiga, assistente automático de máximos, reconhecimento dos sinais de velocidade e de recomendação, cruise control adaptativo com função Stop, sistema activo de vigilância do ângulo morto, Visiopark 1 e Park Assist.

36 fotos

No domínio da propulsão, as novidades centram-se nas motorizações a gasolina de nova geração. Mais concretamente, na nova versão 1.2 Puretech de 130 cv. A qual, além de associada a uma nova caixa manual de seis velocidades (embora possa também acoplar uma transmissão automática de seis relações), surge equipada com um filtro de partículas a gasolina, que anuncia uma eficácia de filtragem superior a 75%.

A par desta nova solução, os já conhecidos 1.2 PureTech de 110 cv e 1.6 THP de 205 e 270, disponíveis apenas com transmissão manual, sendo que os dois últimos estão reservados para as versões GT e GTi, respectivamente.

A gasóleo, a oferta mantém-se idêntica, com dois motores, 1.6 Blue HDi e 2.0 BlueHDi. O turbodiesel mais pequeno é proposto com dois níveis de potência – 100 e 120 cv -, ao passo que o maior está disponível apenas na variante de 150 cv. Tanto um como outro podem optar entre caixa manual ou automática.

7 fotos

Lá mais para o final do ano, chegarão as verdadeiras novidades neste domínio, nomeadamente, um novo quatro cilindros 1,5 litros BlueHDi de 130 cv, que promete ser não apenas 4 a 6% mais económico que o bloco de 120 cv, como também mais limpo. Uma vez que cumpre, três anos antes da sua entrada em vigor, o futuro factor de NOx, ou óxido de nitrogénio.

Na mesma altura, surgirá ainda a nova transmissão automática de oito velocidades (EAT8), desenvolvida pela Peugeot em conjunto com a Aisin, e associada ao motor BlueHDi de 130 cv, exclusivo para o novo Peugeot 308 GT. E que, além de anunciar uma redução no consumo de até 7% face à solução actual, integra comandos no volante e função Park activada automaticamente assim que se desliga o motor.

Campanha de lançamento

Mostrar Esconder

Para os clientes que decidam comprar um 308, carro ou carrinha, até 30 de Setembro, a marca francesa promete a oferta do plano de revisões nos primeiros 48 meses ou 80.000 km, além de equipamento diferenciado, consoante a versão escolhida: navegação conectada, no caso do Active; faróis full led para o Allure; e acesso e ligação mãos-livres para o GT Line/GT.

A terminar, os preços, que no caso do cinco portas começam, quando a gasolina, nos 23.000€ (1.2 Puretech 110 cv CVM5 Acess), com a nova variante de 130 cv a iniciar-se nos 25.050€, já com nível de equipamento Active. Optando pelo mais robusto 1.6 THP, GT com 205 cv, há que desembolsar 34.290€, ao passo que o GTi de 270 cv custa 42.050€.

A diesel, 1.6 BlueHDi 100 cv Acess a partir de 25.470€, e de 120 cv, também Acess, a iniciar-se nos 26.830€, ao passo que o 2.0 Blue HDi 150 cv Allure tem preços a partir de 36.300€ (caixa manual de seis velocidades) e 37.810€ (caixa automática).

No caso da carrinha, 308 SW, preços a partir de 23.950€ (1.2 Puretech 110 cv Acess), 26.290€ (1.2 Puretech 130 cv Active) e 35.450€ (1.6 THP 205 cv GT), quando a gasolina, enquanto que, a gasóleo, começam nos 26.690€ (1.6 BlueHDi 100 cv Acess), 27.780€ (1.6 BlueHDi 120 cv Acess) e 37.450€ (2.0 BlueHDi 150 cv Allure). Com a caixa automática a custar, neste último caso, mais 1.510€.