Rádio Observador

Turismo

Espanha bate todos os recordes de turismo em 2017

77,8 milhões de turistas estrangeiros em 11 meses. Espanha já quebrou, em novembro, o recorde de visitas do ano passado (2016). Há menos turistas a ir para a Catalunha.

DUARTE SA/LUSA

Espanha caminha para fechar o ano de 2017 tendo atraído mais de 80 milhões de turistas estrangeiros, depois de já ter batido o recorde do ano passado no mês de novembro — um mês em que as Canárias foram o destino mais procurado e em que a Catalunha desceu pelo segundo mês consecutivo, na comparação homóloga, possivelmente devido à incerteza relacionada com o processo independentista.

Em novembro visitaram Espanha 4,4 milhões de turistas, o suficiente para superar, em 11 meses, o número de visitantes de todo o ano de 2016. Até final de novembro visitaram Espanha 77,8 milhões de turistas estrangeiros, mais 9,1% do que no mesmo período do ano anterior e contra os 75,6 milhões de todo o ano de 2016, segundo o El País. Se o número de dezembro se repetir face ao ano passado, quatro milhões, Espanha termina o ano com mais de 80 milhões de visitantes.

As Canárias foram o destino mais procurado no mês de novembro, 6,7% acima do mesmo mês do ano passado. Um dado mais curioso é que a Catalunha foi o segundo destino mais visitado em novembro, com 22,4% dos turistas que visitam Espanha — mas foi o segundo mês consecutivo de descida na comparação homóloga e ficou 2,3 pontos percentuais abaixo do registo do ano passado. Em outubro, as visitas à Catalunha tinham caído mais de 4,5%.

Em Portugal, o turismo cresceu 19% desde o início do ano, tendo registado em setembro o maior aumento, disse em novembro o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral. “Os números do turismo desde o início do ano mostram que a estratégia que seguimos de diversificação dos espaços de turismo está a ter bons resultados e a ter um crescimento mais forte em regiões onde tinha menos intensidade”, afirmou o governante há cerca de um mês, em Fátima. O INE divulga o relatório relativo a novembro no dia 15 de janeiro de 2018.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: ecaetano@observador.pt
Jesus Cristo

Santos da casa também fazem milagres! /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
152

Todas as casas reais peninsulares descendem do profeta Maomé. Há uns séculos, este parentesco era muito indesejável mas ainda poderá ser de grande utilidade, se a Europa for ocupada pelo Islão.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)