A regra é não haver regras, pelo menos quando se pretende atingir a fama no Instagram. Quanto maior é o disparate, os custos ou os riscos, maior é a possibilidade das redes sociais tornarem desconhecidos em heróis. E quando se tem à mão um Ferrari, tudo se torna muito mais fácil, especialmente quando o que importa é chamar a atenção.

Vem isto a propósito de Damon Fryer, o “artista” por detrás do vlog Daily Driven Exotics, que decidiu animar os seus seguidores com a promessa de realizar um burnout – um arranque a patinar, daqueles que destrói os pneus num instante – em que destruía, no processo, 100.000 dólares. Em notas.

É claro que a proeza foi realizada e, como não podia deixar de ser, os adeptos acorreram em massa. Mas nem todas as reacções foram positivas, a ponto de Fryer ter sentido a necessidade de esclarecer que gosta de publicidade, mas não é “parvo”, pelo que nenhuma nota foi queimada, uma vez que se tratavam de notas falsas.