A vila de Belmonte, Castelo Branco, recebe este mês, pelo segundo ano consecutivo, o Colóquio da Lusofonia, que nesta edição contará com a presença de Adriano Moreira, anunciou esta quinta-feira a autarquia local.

“É uma iniciativa que vem ao encontro dos nossos objetivos de divulgarmos, promovermos e mostrarmos Belmonte. Será também um enorme prazer receber o professor Adriano Moreira, uma referência a nível nacional, que vem dar uma importância muito grande às realizações que vamos ter”, referiu o presidente da Câmara de Belmonte, António Dias Rocha, durante a apresentação do evento.

Esta edição do Colóquio da Lusofonia realiza-se entre os dias 27 e 30 e é organizada pela Associação Internacional dos Colóquios da Lusofonia, em colaboração com a Câmara de Belmonte e com a Empresa Municipal de Promoção e Desenvolvimento Social de Belmonte (EMPDS).

Adriano Moreira estará em Belmonte no dia 28 para apresentar a palestra “A Lusofonia e o mundo de Ruturas”. O programa integra várias outras sessões científicas, debates e conferências e contará com cerca de 50 convidados, tais como Malaca Casteleiro, Maria Francisca Xavier ou Deana Barroqueiro, entre outros investigadores, professores e escritores.

Naturais de Belmonte, o investigador e professor João Guilherme Costa e a cineasta Laura Gonçalves também integram a lista de participantes no evento, que terá vários temas em debate.

O primeiro é sobre “Autores Locais” e falará sobre Pedro Álvares Cabral e outros naturais de Belmonte que se distinguiram em qualquer ramo do saber. A questão da ligação entre Belmonte e o Brasil e entre Belmonte e os judeus também será assunto de reflexão neste painel, como especificou Joaquim Costa, diretor da EMPDS.

A “Lusofonia e a Língua Portuguesa”, as “Açorianidades” e a “Tradução da Língua e Literatura Lusófona” são os restantes temas permanentes nos quais se debaterão, entre outras, questões como a da Língua Portuguesa no mundo, na comunicação social e no ciberespaço ou a presença dos Açores na literatura de autores estrangeiros.

Está ainda prevista a homenagem à pianista Ana Paula Andrade e a presença da embaixadora de Timor Leste em Portugal, Maria Paixão Costa.

Além disso, também haverá momentos musicais, nomeadamente um recital com Ana Paula Andrade (Piano), com Carolina Constância (Violino) e Henrique Constância (Violoncelo), outro de música timorense com Piki Pereira (Voz) e Mintó Deus (Guitarra), bem como as atuações da Academia de Música de Belmonte e da Academia Sénior de Belmonte.

As sessões são todas gratuitas e programa completo pode ser consultado na página da internet www.lusofonias.net.