Apps

Mytaxi expande para o Porto com 100 motoristas

A app que permite chamar um táxi pelo smartphone chegou ao Porto com 100 motoristas ligados e descontos de 50% nas viagens até ao fim do mês de abril.

A Mytaxi já tinha anunciado que a Invicta fazia parte dos planos de expansão para 2018

PEDRO MENDES PHOTOGRAPHER

Depois de Lisboa, a aplicação que liga consumidores a motoristas de táxis passa a estar disponível também na área metropolitana do grande Porto. A empresa que é líder europeia em serviços digitais de reserva de táxis estreia-se no mercado da Invicta com 100 motoristas integrados na app e descontos de 50% nas viagens até ao final do mês de abril.

Estamos muito satisfeitos por podermos finalmente anunciar que a partir de hoje a Mytaxi está também disponível para todos os portuenses e para os muitos turistas que visitam a cidade. Chegar ao Porto sempre foi um objetivo muito bem definido na estratégia de expansão da nossa atividade mas só o queríamos fazer depois de ter consolidada a nossa presença em Lisboa”, afirma Pedro Pinto, diretor geral da Mytaxi em Portugal.

A mytaxi distingue-se das concorrentes Uber e Cabify (também presentes no Porto) por trabalhar exclusivamente com o setor do táxi. A app não tem custos e está disponível na AppStore (iPhone) e no Google Play (Android).

Em fevereiro, a empresa já tinha anunciado que queria chegar a outras zonas do país em 2018 e que chegar ao Porto fazia parte do plano para o primeiro quadrimestre do ano. Desde que se estreou no mercado português, no ano passado, a Mytaxi cresceu 60% em termos de receitas, volume de negócios e número de motoristas, que ultrapassam os 1200, em Lisboa. A aplicação foi descarregada das app stores mais de 100 mil vezes.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: apimentel@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)