Incêndios

Leiria. Autarca denuncia atraso na limpeza do Pinhal do Rei e pede “meios financeiros e meios humanos”

104

Autarca da Marinha Grande está preocupada com os atrasos na limpeza das matas. Cidália Ferreira reclama "meios humanos e financeiros" para preservar os 1.500 hectares que restam do Pinhal de Leiria.

PAULO CUNHA/LUSA

A limpeza no Pinhal de Leiria ainda está por fazer. Sete meses depois do incêndio que consumiu 9.500 hectares daquela zona, a presidente da Câmara da Marinha Grande mostra-se preocupada com o atraso na limpeza das zonas não ardidas, avança a TSF. A burocracia está a atrasar as medidas preventivas no terreno.

Cidália Ferreira afirma que, a esta altura, gostaria “de ter visto toda a parte da limpeza das matas feita”. A autarca reclama reforços para os serviços locais do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), numa altura em que o verão está cada vez mais próximo. Ao Governo tem vindo a pedir “meios financeiros e meios humanos” para preservar aquilo que resta do Pinhal do Rei e aguarda “que seja cumprido”.

Em falta está também uma faixa de proteção à maior zona do concelho, um procedimento que está “dentro desse plano de toda a mata nacional” que o ICNF pretende resolver “até ao final de maio”, diz a presidente. Relativamente aos atrasos na limpeza de matas, a autarca diz que há sempre questões que atrasam o processo, nomeada mente a “queda de concursos, novo concurso e concursos uns atrás dos outros”.

Não é apenas Cidália Ferreira que denuncia a situação na zona de Leiria. Também o vereador da oposição, Aurélio Ferreira, o faz numa carta aberta ao presidente do ICNF, com conhecimento do primeiro-ministro e do Presidente da República.

O incêndio de 17 e 18 de outubro poupou apenas 1.500 hectares do Pinhal do Rei, cerca de 14% do seu total.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eleições Europeias

Querida Europa...

Inês Pina

Sabemos que nos pedes para votarmos de cinco em cinco anos, nem é muito, mas olha é uma maçada! É sempre no dia em que o primo casa, a viagem está marcada, em que há almoço de família…

Educação

Aprendizagem combinada: o futuro do ensino

Patrick Götz

Só integrando a tecnologia na escola se pode dar resposta às necessidades do futuro, no qual os futuros trabalhadores, mesmo que não trabalhando na indústria tecnológica, terão de possuir conhecimento

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)