O secretário-geral do Departamento de Proteção Civil da Grécia, Yannis Kapakis, apresentou a demissão, esta segunda-feira, ao ministro do Interior, Panos Skourletis, disse fonte do ministério, citada pela Reuters.

A demissão do responsável pela proteção civil surge depois de o governo ter substituído os chefes da polícia e dos bombeiros. “A direção dos bombeiros será assegurada a partir de hoje [domingo] pelo atual chefe-adjunto, general Vassilios Matheopoulos”, e a da polícia pelo “atual chefe-adjunto deste corpo, o general Aristidis Andrikopoulos”, indicou um breve comunicado do gabinete do primeiro-ministro Alexis Tsipras após uma reunião do Executivo.

Governo grego substituiu chefia da polícia e bombeiros após mortífero incêndio de Atenas

O ministro da Proteção dos Cidadãos, Nikos Toskas, tinha-se demitido na passada sexta-feira na sequência do incêndio na estância balnear de Mati, 29 quilómetros a leste de Atenas, que causou pelo menos 91 mortos. Nikos Toskas foi, desde sexta-feira, substituído pelo ministro do Interior.

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, tinha assumido no dia 27 de julho “a responsabilidade política pela tragédia” e tinha incitado os ministros do governo a fazer o mesmo.

Ministro grego da Ordem Pública demite-se na sequência dos incêndios de julho