Pela primeira vez desde que foi hospitalizada por alegada overdose, a cantora Demi Lovato quebrou o silêncio. “Sempre fui transparente em relação à minha dependência“, escreveu numa mensagem divulgada na conta pessoal do Instagram. “Aprendi que a minha doença não é algo que desapareça ou desvaneça com o tempo. É algo que tenho de continuar a superar, algo que ainda não fiz.”

https://www.instagram.com/p/BmHH69KlY3L/?taken-by=ddlovato

A cantora de 25 anos agradeceu as mensagens de apoio dos fãs. “Os vossos pensamentos positivos e preces ajudaram-me a passar por estes momentos difíceis.” Demi Lovato agradeceu também à família, à sua equipa e aos trabalhadores do hospital Cedars-Sinai, que diz terem estado ao seu lado “o tempo todo”. “Sem eles não estaria aqui a escrever esta carta para todos vocês.”

“Vou continuar a lutar”, prometeu. “Espero ansiosamente o dia em que posso dizer que saí do outro lado”. Segundo a CNN, uma fonte próxima da atriz revelou que esta demonstrou vontade de procurar tratamento contra a dependência quando sair do hospital.

Demi Lovato foi internada de urgência a 24 de julho devido a uma alegada overdose. A cantora e atriz, que foi lançada pela Disney no filme “Camp Rock” (2008), teve uma recaída depois de completar seis anos sóbria em março deste ano. Há vários anos que a atriz luta contra distúrbios alimentares, dependência de álcool e de narcóticos, tendo já sido internada várias vezes.

“O vício não é simples nem fácil”. As reações à recaída de Demi Lovato