Todos gostamos da sexta-feira mas há uma que gostamos ainda mais. O fim de Novembro está a chegar e já se sabe o que isso significa –  Black Friday FNAC no dia 23. Descontos e mais descontos. E mais descontos também. Já dissemos descontos? Factos curiosos: este dia já é um fenómeno estudado pela ciência que o chama de “efeito manada”, uma vez que não conseguimos resistir ao que nos parece uma boa compra a um preço imperdível. As nossas avós diriam que vale sempre a pena esperar por uma pechincha. E as avós têm sempre razão. Mas se uma sexta-feira de descontos já era boa, agora quase todas as lojas começam com promoções cada vez mais cedo para nos levar a comprar tudo o que desejamos antes da Black Friday. O que não nos dizem é que estamos a ser iludidos com descontos fracotes.

Esqueça as compras contra o relógio

Ninguém tem uma granada prestes a explodir nas mãos se não comprar logo. Por isso, largue esse telemóvel na prateleira, respire fundo e saia lentamente da loja. Espere até sexta para comprar o smartphone na FNAC . Está sentado ao computador a tentar comprar online antes que a máquina fotográfica que tanto deseja esgote? Relaxe. Espere até sexta. Ela vai estar à sua espera na FNAC. Por mais apelativas que sejam as promoções que antecedem a Black Friday, resista à tentação de comprar por impulso. Muitas vezes, os grandes anúncios de descontos pré sexta-feira negra escondem promoções mais fracas para ganhar a carteira dos clientes antes do grande dia. É por isso que vale mesmo a pena esperar pelos grandes descontos que só existem na desejada sexta-feira. Vai poder comprar esse telemóvel ou essa máquina fotográfica a um preço menos “negro” na Black Friday da FNAC.

Nos últimos anos, aquilo que os portugueses mais compraram foi tecnologia. E é exatamente nestes produtos que a FNAC tem os descontos mais apetecíveis: televisões, smartphones, computadores, playstations, máquinas fotográficas, robots de cozinha, aspiradores inteligentes para a casa… E se custa mesmo, mesmo esperar até sexta, quem for aderente FNAC pode ter acesso privilegiado e em primeira mão aos artigos da Black Friday na véspera. A Black Friday FNAC – Exclusivo Aderente vai realizar-se em todas as lojas FNAC das 21h às 24h do dia 22 de Novembro.

Dois fenómenos presentes na Black Friday

O que é que acontece quando algo fica pouco disponível? Torna-se precioso. O psicólogo Miguel Silveira analisou estes impulsos de compras e explica ao jornal espanhol El País dois fenómenos presentes na Black Friday. O primeiro é o princípio da escassez. Se na segunda-feira já nos estão a dizer que os melhores descontos vão acabar, fica difícil convencer o nosso cérebro do contrário. E fica pior quando imaginamos que no tempo em que estamos a pensar se esperamos ou não pela sexta-feira, alguém vai passar à nossa frente e comprar o último computador que queríamos tanto. É como se estivéssemos numa corrida e, de repente, somos colocados um pouco mais atrás dos nossos adversários. A sexta-feira está lá à frente bem longe de nós. E a trágica conclusão disto tudo é que nunca lá vamos chegar. Dramático, não é?

O segundo fenómeno é o efeito do contágio. E as redes sociais também aumentam esta pressão. Todas as pessoas que conhecemos estão a partilhar o que andam a comprar, as lojas fazem anúncios cada vez mais fortes e que saltam no nosso ecrã a cada cinco minutos tornando quase impossível adiar esta gratificação quando parece que o mundo inteiro foi convidado para a festa dos descontos. E nós? Ficamos com os restos?

4 dias com a FNAC para relaxar até sexta-feira

Como fugir dos descontos apelativos, brilhantes e com letras grandes a piscar à frente dos nossos olhos que nos levam a compras irracionais e por impulso? A FNAC dá uma ajuda:

– Na segunda-feira, quando chegar a casa do trabalho desanimado porque a semana ainda está no início e a Black Friday da FNAC é só no final da semana, coloque aquele vinil de jazz a tocar e aproveite para relaxar no sofá.

– Na terça, ponha todos os gadgets electrónicos no modo off. Não ceda à tentação de andar pelas redes sociais a ver o que os seus amigos estão a comprar e a mostrar. Aproveite para ler aquele livro que está na mesa de cabeceira há dois meses.

– Na quarta, que tal um serão em família ou amigos fora de casa? As opções são mais do que muitas. Podem ir a um espetáculo, um concerto, ao teatro, ao cinema… e aproveitar o que a nossa cultura tem para oferecer.

– Na quinta, e para aqueles que não são aderentes FNAC e vão ter de aguentar só mais umas horas, esta é uma oportunidade de por tudo em cima da mesa – os jogos, claro. Gamifica-te com toda a seleção de jogos de tabuleiro que vão animar a última noite antes da Black Friday da FNAC.

E depois? Depois já é a sexta-feira e afinal a semana passou a correr. Não custou assim tanto, pois não? Agora é levar a listinha que anda a fazer há semanas com as compras que se quer fazer e ir à FNAC mais perto de si para finalmente aproveitar os grandes e mais cobiçados descontos da Black Friday. Para quem não consegue ir a uma loja, a Fnac.pt também vai ter todos os descontos da Black Friday e as entregas são onde o cliente quiser.

Descubra outras sugestões em https://observador.pt/seccao/mercado-de-natal/