Salário Mínimo Nacional

Pão pode aumentar em 2019 em função de subida do salário mínimo e da matéria-prima

505

O preço do pão poderá subir em 2019. Em causa está uma subida de 10% no preço da farinha nos últimos três meses, bem como a atualização do salário mínimo para 600 euros.

ERDEM SAHIN/EPA

O preço do pão poderá subir em 2019, acompanhando o aumento do salário mínimo e do valor da matéria-prima, disse à Lusa o presidente da Associação dos Industriais da Panificação, Pastelaria e Similares do Norte.

As empresas estão a absorver os seus custos [de produção e estão também] a tornar-se muito mais eficientes. Não sei qual será o papel dos empresários, mas acredito que possam ter que repercutir isso no preço dos produtos comercializados”, disse António Fontes, em declarações à Lusa.

Para o responsável, em causa está uma subida de 10% no preço da farinha nos últimos três meses, bem como a atualização do salário mínimo para 600 euros a partir de 01 de janeiro. No entanto, António Fontes ressalvou que é difícil fazer uma estimativa exata em termos de valor, uma vez que o preço está dependente dos diversos empresários e das diferentes tipologias de pão.

O presidente da associação notou ainda que 2019 será “mais um ano de grandes dificuldades para o setor”, tendo os empresários como principal preocupação não levar as suas empresas à falência. “Aquilo que temos vindo a perceber é que realmente as empresas estão, cada vez mais, a produzir menos com menos recursos humanos, [intensificando] o volume de trabalho”, acrescentou.

Um dos principais problemas que o setor tradicional da panificação vai continuar enfrentar é “o crescimento constante e permanente” dos grandes grupos económicos. “Até há pouco tempo a padaria estava ausente destes espaços, agora parece-me que é um espaço predominante para a grande distribuição, portanto, a preocupação mantém-se”, sublinhou.

De acordo com o presidente da Associação dos Industriais da Panificação, Pastelaria e Similares do Norte, para fazer face às dificuldades, o comércio tradicional de pão deve manter a qualidade, de modo a que o produto seja distinguido no mercado.

“Se cada vez mais convivemos num país em que o turismo é fundamental, não podemos dar aos turistas pão produzido noutros países. Temos que lutar com todo o nosso esforço e empenho para que produtos tradicionais portugueses, nomeadamente o pão, que tem um papel fundamental na gastronomia, seja um produto reconhecido”, concluiu.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)