A Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais realizou uma rusga na Ala A do Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira, onde no sábado, dia 9, a polémica estalou depois de uma festa de anos de um traficante de droga ter sido transmitida em direto no Facebook. Durante a operação, que implicou o fecho de toda a ala, foram apreendidos 79 telemóveis, tabaco e droga informou em comunicado aquela entidade. A ação começou esta quinta-feira e só terminou às 5h30 da madrugada desta sexta-feira.

Para além dos telemóveis, a DGRSP confiscou “20 ampolas de anabolizantes, 8 seringas, 1 balança de precisão, 1 passaporte, 2 pares de luvas de luta MMA, 6 plastrons, 1 alambique artesanal, 2 baldes de fruta fermentada, centenas de comprimidos, diversos, 45 maços de tabaco, 6 caixas de tabaco avulso, 98g de uma substância que se presume ser haxixe, 20 gramas de uma substância que se presume ser heroína e 1 grama de uma substância que se presume ser cocaína”, esclarece o comunicado enviado às redações.

A operação nesta ala onde vivem 374 reclusos, envolveu “cerca de uma centena de elementos” e foi coordenada pela Direção de Serviços de Segurança e inserida “no trabalho de prevenção e combate à entrada e circulação de produtos e bens ilícitos em contexto prisional”.

Durante a busca não foi verificado “qualquer tipo de incidentes” e os reclusos apanhados em posse de objetos ilícitos serão objeto do procedimento disciplinar e/ou criminal, diz a nota de imprensa.