Espanha

Espanha. “Guerra dos Tronos” na campanha para as legislativas

Partido Popular e PSOE tentam tirar partido da estreia da última temporada da série de George R. R. Martin. Os populares dizem que Espanha não tem sete reinos e o PSOE fala em "caminhantes brancos".

A oitava e última temporada de "Guerra dos Tronos" estreou na madrugada desta segunda-feira em Portugal

O final da história do imaginário de George R. R. Martin já arrancou e ninguém fica indiferente ao fenómeno da “Guerra dos Tronos”. Em Espanha, os partidos políticos tentam também tirar proveito da série e de um dos momentos televisivos mais aguardados do ano. Em plena campanha eleitoral para as legislativas de 28 de abril, o Partido Popular (PP) e o Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) encaixaram Westeros nas respetivas narrativas como forma de angariar eleitores.

O primeiro a tentar tirar partido da série foi o PSOE. Numa imagem partilhada no Twitter, as juventudes do partido liderado por Pedro Sánchez usam fotografias de Pablo Casado, Albert Rivera e Santiago Abascal, candidatos de Cidadãos, PP e Vox, respetivamente. Na imagem todos os candidatos aparecem com a pele esbranquiçada e olhos azuis, numa clara alusão aos “caminhantes brancos” – white walkers -, os vilões da série.

A resposta ao PSOE não se fez esperar e o PP, o maior partido da oposição, usou a mesma arma para tentar chegar aos eleitores. Através de um vídeo, também difundido pelas redes sociais do partido, os populares usaram o genérico da série e dispararam em todos os sentidos. Acusam o PSOE de “fazer qualquer coisa para governar”, o Cidadãos de “não ter rumo fixo” e o Vox, partido de extrema-direita, de “não conseguir superar o passado e pensar em impérios”. Também os partidos independentistas são alvos do PSOE, que os apelida de “bestas” e refere o Podemos, a sua “busca por vingança” e incapacidade “de dizer Espanha, ou ver a bandeira”. Finalmente, o partido de Pablo Casado diz que Espanha não é a “Guerra dos Tronos”, mas sim “um país moderno”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eleições Espanha 2015

Sombras da guerra civil /premium

Manuel Villaverde Cabral

Não se espera uma nova guerra civil mas não são de afastar enfrentamentos de vários géneros, incluindo físicos, apesar da pertença comum à União Europeia, cujos inimigos em contrapartida rejubilarão!

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)