Rádio Observador

Brasil

Tragédia. Cantor Gabriel Diniz morre em queda de avioneta. Há mais dois mortos

799

Uma avioneta caiu no estado de Sergipe, no Brasil, esta tarde. O cantor Gabriel Diniz, que canta a música "Jenifer", que foi um sucesso este Carnaval, morreu. Há mais dois mortos confirmados.

Gabriel Diniz nasceu em 1990, tinha 28 anos

YouTube/GabrielDiniz/Vevo

O cantor Gabriel Diniz, que canta a música “Jenifer”, era um dos passageiros e foi uma das vítimas da queda de uma avioneta de quatro lugares em Porto do Mato, em Sergipe, no Brasil esta tarde (manhã no Brasil), avança a Globo.  O artista tinha alcançado sucesso nacional no início deste ano.

[A música de Gabriel Diniz “Jenifer” tem mais de 232 milhões visualizações no YouTube]

Está a chover com muita intensidade no local, o que está a dificultar as operações dos bombeiros. Segundo Virgilio Dantas, do Agrupamento Tático Aéreo de Sergipe, três pessoas morreram no acidente. Ao todo, o avião transportava pelo menos quatro pessoas e partiu da cidade de Salvador.

As autoridades de Sergipe vão investigar o acidente. A avioneta era um monomotor Piper PT-KLO. Segundo a Globo, esta só podia ser utilizada para instrução por escolas de viação e não para transporte de passageiros.

Já foram encontrados ao pé do local do acidente os documentos do cantor brasileiros. Os assessores do artista confirmam que este estava no voo mas ainda não têm mais informações.

O cantor brasileiro alcançou grande sucesso no início deste ano depois de a música que lançou em setembro, a canção “Jenifer”, ter sido uma das mais conhecidas na última época de Carnaval no Brasil.

[O cantor esteve ontem em Feira de Santana, na Bahia, onde fez a última atuação. Esta foi a última publicação no Instagram] 

(Em atualização)

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mmachado@observador.pt
Brasil

Em nome do Brasil, peço desculpas /premium

Ruth Manus
4.286

Não, eu não elegi este governo. Mas o meu país o fez. Parte por acreditar na política do ódio, parte por ignorância, parte por ser vítima das tantas fake news produzidas ao longo do processo eleitoral

Cooperação económica

De braço dado com Angola

José Manuel Silva

O momento político angolano é propício à criação de laços baseados na reciprocidade e na igualdade de tratamento, sem complexos de nenhuma espécie. A história foi o que foi, o presente está em curso.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)