Uma área estimada em mais de 600 hectares ardeu no incêndio florestal que lavrou entre a tarde de segunda-feira e a madrugada desta terça-feira no concelho de Ourique (Beja), disse à agência Lusa o presidente do município.

O incêndio destruiu “uma área mista acima de 600 hectares” e composta por zonas de eucaliptal, montado, pastagens e mato de vários proprietários privados, indicou esta terça-feira Marcelo Guerreiro, em declarações à agência Lusa.

Contactado pela Lusa, o oficial de relações públicas do Comando Territorial de Beja da GNR, João Gaspar, disse que as causas do incêndio ainda não são conhecidas e estão a ser investigadas pela guarda.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja, o incêndio, que chegou a ter três frentes ativas, deflagrou por volta das 13h20 de segunda-feira, na zona do Monte Vale Longo, e foi dominado cerca das 1h50 desta terça-feira, sem provocar vítimas, nem colocar casas em perigo.

O combate ao fogo chegou a envolver 289 operacionais de corporações de bombeiros dos distritos de Beja, Évora, Faro, Lisboa e Setúbal, apoiados por 93 veículos, seis meios aéreos (cinco aviões e um helicóptero) e três máquinas de rasto.