Três pessoas – entre as quais um diplomata turco – foram assassinadas esta quarta-feira em Erbil, a capital regional do Curdistão, por um homem armado, ainda por identificar. O homem invadiu o restaurante onde estava a almoçar um grupo de diplomatas turcos e disparou contra a comitiva, revelaram à agência de notícias Reuters fontes da segurança local e do ministério dos Negócios Estrangeiros turco.

invadiu um restaurante da capital curda no Iraque e mata ao menos três pessoas nesta quarta-feira, durante reunião de ‘staff’ diplomático turco, .

A segurança oficial curda relatou que este tipo de ataques é “relativamente raro”, visto que a capital da região curda atualmente é semi-autónoma. A agência nacional do Iraque adiantou que as três vítimas mortais eram diplomatas e que entre estas está o cônsul-adjunto da embaixada turca.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros iraquiano disse também que um empregado consular foi morto no decorrer do ataque. As autoridades curdas isolaram o local e estão à procura dos responsáveis pelo tiroteio. Nenhum grupo assumiu responsabilidade pelo ocorrido no restaurante Huqqabaz, que se localiza numa zona comercial próxima da estrada que segue para o aeroporto. O restaurante em causa é frequentado por muitos estrangeiros, relatou o jornal The Guardian.

Uma testemunha ocular ouvida pela agência britânica Reuters disse que homem responsável pelo ataque fugiu de carro logo após o tiroteio.