Rádio Observador

Cupra

Cupra estreia-se nos SUV coupé 100% eléctricos

Estima a Cupra que o mercado dos SUV coupés eléctricos vai crescer 15% ao ano. Para garantir uma "fatia desse bolo" e testar águas, o fabricante espanhol leva a Frankfurt um concept prometedor.

A Cupra, recém-criada marca ao abrigo da Seat, está apostada em compor a sua gama, indo ao encontro das principais tendências do mercado. E, como os clientes revelam cada vez mais apetência por SUV com silhueta coupé, é exactamente por esse caminho que o fabricante espanhol tenciona enveredar. Daí que, depois do Formentor, a Cupra eleve a fasquia, em termos de potência e de electrificação, com uma proposta exclusivamente a bateria: o Tavascan.

Assente na plataforma MEB do Grupo Volkswagen, o Tavascan vai surgir aos olhos do público no Salão de Frankfurt, entre 12 e 22 de Setembro, altura em que deveremos ficar a conhecer as dimensões deste concept, ainda não reveladas. Sabe-se, isso sim, que o Tavascan monta dois motores elétricos, um em cada eixo, o que lhe assegura tracção integral e uma potência combinada de 225 kW (306 cv). A fazer as despesas da locomoção encontra-se uma bateria de iões de lítio de 77 kWh, com a Cupra a anunciar uma autonomia de 450 km em WLTP.

A marca avança ainda que o pack de células está alojado “no fundo, entre eixos”, pelo que “o centro de gravidade é baixo, proporcionando uma condução realmente dinâmica”. Os 0-100 km/h ficarão para trás em menos de 6,5 segundos.

Com uma carroçaria de quatro portas e montado sobre umas enormes jantes de 22 polegadas, o Cupra Tavascan exibe um design impactante, num misto de agressividade e sofisticação, destacando-se sobretudo pela linha de cintura elevada e, claro está, pela inclinação do tejadilho ao estilo coupé. A traseira, muito elevada, será talvez a perspectiva mais imponente, realçada pela iluminação em LED que enfatiza a largura do crossover, num feixe de luz que une os farolins e que inclui o próprio logótipo.

Por dentro, são evidentes as preocupações dos designers em realçar as pretensões desportivas do modelo, desde logo nos bancos tipo baquet. Mas o que mais salta à vista no habitáculo, com lugar para quatro ocupantes, são os dois displays na frente, ambos de dimensões generosas. O painel de instrumentos digital possui 12,3 polegadas enquanto um outro ecrã de 13”, ao centro do tablier, é a porta de entrada para o sistema de infoentretenimento.

Pesquisa de carros novos

Filtre por marca, modelo, preço, potência e muitas outras caraterísticas, para encontrar o seu carro novo perfeito.

Pesquisa de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: scarvalho@observador.pt
Trabalho

Ficção coletiva, diz Nadim /premium

Laurinda Alves

Começar reuniões a horas e aprender a dizer mais coisas em menos minutos é uma estratégia que permite inverter a tendência atual para ficarmos mais tempo do que é preciso no local de trabalho.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)