Cupra

Atenção a este Cupra. O SUV que faz a diferença

274

A Cupra, a jovem marca desportiva da Seat, apresentou o seu primeiro modelo exclusivo, que a vai ajudar a impor-se no panorama europeu. O Formentor é um crossover com músculo e híbrido, com 245 cv.

Para celebrar um ano de vida, a Cupra surge com o seu primeiro veículo próprio, o Formentor, um crossover desportivo ou um SUV com forma de coupé. Com a tradicional grelha em posição vertical, faróis mais esguios e inúmeras entradas de ar, para lhe reforçar a agressividade, o novo modelo evolui depois para um painel lateral com uma cunha acentuada e cheia de vincos, terminando numa traseira compacta, dominada por um enorme extractor e duas duplas saídas de escape.

O resultado é um veículo mais volumoso do que um automóvel convencional, mas mais apelativo do que um SUV de linhas tradicionais, onde a elegância dá a mão a uma estética atraente, cabendo a este modelo a estreia da nova plataforma do Grupo Volkswagen, exactamente aquela que vai dar origem ao novo Golf, a ser apresentado lá mais para Setembro, no Salão de Frankfurt.

Não abundam os dados sobre o novo Formentor mas, pelas fotos, não parece ser mais comprido do que o Ateca (terá cerca de 4,47 m), assumindo isso sim uma linha mais desportiva. Mas o novo crossover não é só mais dinâmico, é igualmente mais amigo do ambiente, recorrendo a uma solução híbrida plug-in (PHEV). Garante uma potência conjunta respeitável e, por outro lado, permite percorrer alguns quilómetros em modo puramente eléctrico.

De acordo com a Cupra, o Formentor – que herda a denominação de um cabo famoso da ilha de Maiorca – recorre a um motor a gasolina, muito provavelmente o 1.5 TSI, associado a uma unidade eléctrica para que a potência total atinja 241 cv. A potência passa depois às rodas através de uma caixa automática de dupla embraiagem, cuja rapidez na troca de mudança é a ideal para a vocação desportiva da Cupra. Como PHEV que é, já apto para respeitar os limites do método WLTP, de medições de consumos e emissões, a solução híbrida do Formentor garante um mínimo de 50 km em modo exclusivamente eléctrico, antes de recorrer ao motor de combustão.

O interior é também específico e não herdado de modelos da Seat, sendo dominado por um ecrã central flutuante de 10” e com um novo grafismo, uma consola central de dimensões generosas e acabamentos com aspecto de fibra de carbono. No habitáculo sobressaem igualmente os volumosos bancos dianteiros envolventes, tipo baquet de competição.

Resta agora aguardar que a Cupra anuncie, em Genebra, a data de chegada do Formentor ao mercado (o que deverá acontecer na segunda metade de 2020), bem como as suas especificações técnicas. Depois deste crossover, a Cupra irá completar a sua gama graças à introdução, até 2021, de versões do Leon, Arona, Tarraco e Terramar.

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: alavrador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)