O ministro da Agricultura, Luis Capoulas Santos, lamentou nesta quinta-feira, através de uma publicação nas redes sociais, que “até as vetustas paredes da centenária academia são permeáveis ao populismo e à demagogia”.

Numa alusão ao recente anúncio da eliminação de carne de vaca nas 14 cantinas da Universidade de Coimbra, que tem suscitado críticas nas redes e entre agricultores de diversos ramos da pecuária, Capoulas Santos não cita em nenhum momento a Universidade em si, mas aponta para a “liberdade individual”.

“Sete séculos depois o decreto ainda derrota a educação, que é a maior garantia da liberdade individual e, dentro desta, da liberdade de escolha informada”, escreveu na sua conta oficial do Facebook, como confirmado pelo jornal Público.

PROIBIR OU EDUCAR?Não deixa de ser amargo constatar que até as vetustas paredes da centenária academia são permeàveis…

Posted by Luis Capoulas Santos on Thursday, September 19, 2019