O Vale dos Caídos, catedral e parque nos arredores de Madrid onde estava sepultado o corpo do ditador Francisco Franco, reabre esta terça-feira ao público no horário habitual.

A informação foi transmitida pela secretaria de Estado da Comunicação espanhola, que afirma que os trabalhos já estão concluídos. Onde estava o túmulo do ditador estão agora lajes de mármore pretas, sem qualquer inscrição, que são iguais às demais. Fotos divulgadas pelo Moncloa mostram que falta apenas polir as novas pedras para que tenham a mesma textura das que já lá estavam.

A Efe, agência noticiosa espanhola, avança que os bilhetes para ver o túmulo estão esgotados até dia 2 de novembro. Já a Europa Press adianta que não é possível comprar bilhetes online até, pelo menos, janeiro.

Está assim encerrado um processo que demorou mais de um ano. A exumação foi decidida em Conselho de Ministros, que fechou o túmulo no dia 11 de outubro depois de ultrapassados os vários recursos instaurados pela família de Franco.

O processo, que foi concluído no dia 24 de outubro, tinha como data máxima definida pelo Conselho de Ministros o dia 25.

A Efe, agência noticiosa espanhola, avança que os bilhetes estão esgotados até dia 2 de novembro. Já a Europa Press adianta que não é possível comprar bilhetes online até, pelo menos, janeiro.