A Caixa Económica Montepio Geral (CEMG) anunciou esta terça-feira que cancelou a emissão de obrigações hipotecárias de 2015, no valor de 500 milhões de euros, no dia em que fonte oficial do banco informou sobre uma nova emissão no mesmo valor.

“A Caixa Económica Montepio Geral, caixa económica bancária, S.A. (Banco Montepio) informa que, em 5 de novembro de 2019, a emissão de obrigações hipotecárias ‘CEMG/2015 – EUR 500 M Floating R. Covered Bonds – DEC 2020 – ser. 5’, registada na Central de Valores Mobiliários sob o código CMGROE (ISIN PTCMGROE0021), foi cancelada conforme deliberação do Banco Montepio enquanto entidade emitente”, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Esta terça-feira, fonte oficial do banco disse à agência Lusa que a CEMG vai realizar “em breve” uma emissão de 500 milhões de euros em obrigações hipotecárias com maturidade de cinco anos.

Segundo a fonte, foram mandatados cinco bancos — Commerzbank, Montepio Investimento, Natixis, NatWest Markets e UniCredit — para realizar a emissão de dívida hipotecária, através da qual o Montepio pretende financiar-se em 500 milhões de euros.

A mesma fonte adiantou que a emissão acontecerá “em breve” e deverá contar com um rating de ‘A1’ pela Moody’s, ‘AA-‘ pela Fitch e ‘A’ pela DBRS.