A Unidade de Controlo Costeiro da GNR apreendeu esta quinta-feira em Faro cinco toneladas de berbigão capturado de forma ilegal, com um valor total estimado de 25 mil euros, informou aquela corporação.

Em comunicado, a GNR indicou que a apreensão ocorreu após os militares terem detetado “um homem na apanha do berbigão fora dos períodos diários legalmente fixados, compreendidos entre o nascer e o pôr-do-sol”, durante uma ação de fiscalização com vista à preservação de espécies marinhas. Durante a ação, verificou-se que o marisco apreendido “não se fazia acompanhar de qualquer documentação, conforme previsto nas normas europeias referentes à movimentação de lotes de moluscos bivalves vivos, e que a grande maioria dos bivalves não possuía o tamanho mínimo estipulado por lei para ser comercializado”, neste caso, 2,5 centímetros.

Os militares do subdestacamento de Controlo Costeiro de Olhão identificaram também um homem de 45 anos e elaboraram dois autos de contraordenação por captura de bivalves imaturos e fora do período legal. De acordo com a mesma fonte, o homem incorre em infrações puníveis com coima até 37.500 euros.

Os bivalves, por ainda se encontrarem vivos, foram devolvidos ao seu “habitat” natural.

A apreensão de berbigão capturado ilegalmente nas zonas de Olhão e Faro tem sido frequente nas últimas semanas.