Dark Mode 74,5 kWh poupados com o MEO
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Afinal, o vocalista dos Rammstein Till Lindemann não tem o novo coronavírus

Till Lindemann foi internado num hospital em Berlim por conselho do médico da banda. O vocalista apresentava sintomas associados ao novo coronavírus, mas o teste deu negativo, informaram os Rammstein.

i

Till Lindemann tem 57 anos

Vyacheslav Prokofyev/TASS

Till Lindemann tem 57 anos

Vyacheslav Prokofyev/TASS

Till Lindemann, vocalista da banda alemã Rammstein, que passou a noite internado nos cuidados intensivos de um hospital em Berlim, não tem o novo coronavírus. A notícia, avançada pelo tabloit Bild, foi desmentida pelos Rammstein.

Lindemann, de 57 anos, terá ficado doente na Rússia, onde esteve em digressão este mês de março com o seu projeto a solo. Segundo o Bild, o vocalista teria sido levado para o hospital porque tinha febre muito alta.

Na sua página de Facebook, os Rammstein esclareceram que Lindermann tinha sido internado por conselho do médico da banda: “Passou a noite nos cuidados intensivos, mas já saiu, porque se sente melhor”. Apesar das suspeitas, o teste à Covid-19 deu negativo, acrescentaram.

Lindemann deu o primeiro concerto na Rússia a 2 de março, em S. Petersburgo. Das nove datas agendadas, apenas três foram canceladas. Terá sido depois do penúltimo concerto, no dia 15 de março em Moscovo, que o vocalista terá apresentado os primeiros sintomas. Há dois dias, Lindemann publicou no Instagram uma fotografia tirada em Chernobyl, durante a tour russa:

View this post on Instagram

#chernobyl #tschernobyl pic credit: @danny_uhlmann

A post shared by Till Lindemann (@till_lindemann_official) on

Os Rammstein têm marcada para esta primavera uma digressão europeia em estádios. A primeira data é em Klagenfurt, na Áustria, a 25 de maio. O último álbum do projeto criado em 1994 em Berlim, Untitle, saiu em 2019.

Artigo atualizadonàs 19h43 com o comunicado dos Rammstein

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.