Teletrabalho: uma palavra que entrou em força no dicionário de todos nós nos últimos tempos. E por esse motivo nunca os dispositivos tecnológicos que nos permitem trabalhar remotamente foram tão valorizados. Recentemente a Huawei apresentou o novo Huawei MateBook D e vamos revelar-vos porque é que este portátil é aquele que todos queremos ter!

Ecrã quase infinito

Elegante por fora e potente por dentro. O Huawei MateBook D 14 ou 15 destaca-se pelo seu design estético, tecnologia inovadora e pela experiência inteligente que proporciona ao utilizador. Este portátil ultrafino conta com um ecrã Full View de 14 polegadas que parece quase infinito. Com o seu ângulo de 178º, poderá viver uma experiência cinematográfica incrível, ficar deslumbrado com uma imagem ou até ler um e-mail de forma única no aerodinâmico ecrã. Como permite ajustar a dobra para quase 180°, poderá obter sempre a melhor imagem de qualquer ponto em que se coloque.

O que é que o MateBook D oferece:

Mostrar Esconder

+ Ecrã Full View

+ Sensor de impressão digital

+ Transferência de ficheiros através de Huawei Share

+ Câmara embutida no teclado para maior privacidade

+ Ecrã com redução de luz azul para cuidar da sua visão

+ Bateria 56 wh, com mais de 9 horas de autonomia

+ Carregamento rápido em 30 minutos

Para além de tudo isto, este novo ecrã vem equipado com um sistema que reduz significativamente a luz azul que prejudica os olhos. Assim, poderá fazer uso do equipamento durante mais tempo sem prejudicar a sua visão.

Liga apenas com um toque

Este equipamento, até ao momento um dos mais leves e pequenos portáteis no mercado, surpreende logo ao ligar. Possui um leitor de impressão digital embutido e, com apenas um toque, pode ligar e fazer login com total segurança na área de trabalho e em apenas oito segundos.

E ainda mais inovador é mesmo a câmara que está discretamente embutida no teclado. Com um simples toque, aparece e fica pronta a ser utilizada e volta a recolher quando não precisamos mais de utilizá-la. Esta inovação vem contribuir para uma maior privacidade e segurança, características que são cada vez mais privilegiadas. Ao mesmo tempo que a utiliza só quando pretende, evita possíveis acessos remotos e violações de segurança.

Partilhar Partilhar

Os novos Huawei MateBook D introduzem ainda uma experiência revolucionária de partilha de dados. Através do HuaweiShare, os utilizadores podem trabalhar sem problemas com vários dispositivos da marca através de um único ecrã. E é muito fácil: com um simples toque, o seu smartphone1 e o novo Huawei MateBook D transformam-se num super dispositivo: o “ONE”. E este acesso é possível mesmo quando não se tem acesso à Internet. O ecrã do smartphone é exibido no portátil, permitindo-lhe arrastar e soltar ficheiros entre eles e editar documentos enquanto pode, ao mesmo tempo, enviar mensagens no telefone usando o mesmo teclado e rato.

Oferta do Office

Mostrar Esconder

Na compra do Huawei MateBook D recebe o acesso à subscrição do Microsoft Office 365 Pessoal durante um ano. Assim, poderá aceder, durante o período de um ano, aos vários programas Office – Word, Excel, Power Point, Outlook, One Drive, etc – sem qualquer custo.

Esta campanha é válida até ao dia 12 de abril.

Este portátil oferece uma ampla experiência de visualização e utilização, ao contar com um processador móvel de 12nm AMD Ryzen™ 5 3500U, possui um desempenho poderoso e as velocidades de leitura e gravação são incrivelmente rápidas. Conta ainda com o GPU AMD Radeon Vega 8 Graphics, que possibilita um excelente suporte ao processamento gráfico, quer para uma utilização profissional ou de entretenimento, para jogar.

Autonomia para mais de 9 horas

Outro dos destaques do Huawei MateBook D vai para o arrefecimento e a vida útil da bateria. A refrigeração deste modelo é garantida por uma nova ventoinha Shark Fin Fan 2.0 que otimiza o fluxo de ar e dissipa o calor, enquanto a bateria de 56Wh fornece autonomia para cerca de 9,5 horas. Por isso, na próxima reunião demorada ou até num voo prolongado, não precisa de se preocupar em carregar consecutivamente o seu portátil.

Mas quando a bateria falhar, o Huawei MateBook D conta com um carregador USB-C de 65 W, que possibilita o carregamento de 46% da bateria do portátil em apenas 30 minutos. Também suporta carregamentos rápidos e a transferência de dados para o seu telefone.

Smartphones e FreeBuds para complementar

E melhor que ter este novo portátil é poder mesmo emparelhá-lo com os smartphones e FreeBuds da Huawei. Todos com um design arrojado e com uma capacidade de integração de sistemas de excelência, vão fazer com que a experiência para o utilizador seja ainda mais diferenciada.

E o difícil será fazer uma escolha entre os mais recentes equipamentos: o Huawei Mate 30 Pro ou P40 lite, com quatro câmaras incorporadas e que nos exorta a desafiar as regras da fotografia; o design sem limites do Nova 5T; o assistente de câmara inteligente ou a memória superior do novo P30 lite New edition; ou o ecrã dobrável de oito polegadas do Mate Xs para os verdadeiros amantes de tecnologia. Tantas opções que farão do trabalho em casa uma tarefa bem mais facilitada e prazerosa.

E para complementar esta oferta, nada melhor do que utilizar o sistema de som inteligente da Huawei que muito tem dado que falar no mercado: os Huawei FreeBuds 3.  As suas características são elogiadas pela experiência que estes auriculares sem fios possibilitam a quem os utiliza. Graças a um processador A1, os Huawei Freebuds 3 podem eliminar o ruído de fundo durante as chamadas e com o sensor de voz óssea  embutido, captar melhor a sua voz com maior clareza. Até vai parecer que está a falar com a outra pessoa mesmo ao seu lado, sem ruído ou interrupções externas.

E não podemos esquecer que o design biónico de golfinho destes Huawei FreeBuds 3  se encaixam nos ouvidos para um uso mais confortável e estável. As experiências auditivas serão, por isso, mais imersivas, quer seja uma conference-call com os colegas de trabalho ou um jogo ou vídeo divertidos.

Por todos estes motivos, estes são os aliados tecnológicos do momento e que poderão ser grandes trunfos para os tempos de teletrabalho que tantas empresas e instituições estão a implementar.