Um dia depois do dia das mentiras, o Observador aderiu a 2 de abril — Dia Internacional do Fact-Checking — à aliança internacional de fact-checkers contra a desinformação sobre o novo coronavírus. A #CoronaVirusFacts Alliance foi criada em janeiro e junta mais de 100 órgãos dedicados ao fact-check de todo o mundo oriundos de mais de 70 países, em 40 línguas diferentes, incluindo o português. Nos últimos meses o grupo já juntou mais de 3 mil fact checks sobre o coronavírus numa base de dados onde vão ser também adicionados em breve as dezenas de fact checks que o Observador fez e continuará a fazer sobre a pandemia.

A “#CoronaVirusFacts/#DatosCoronaVirus Alliance” foi criada e é gerida pela Rede Internacional de Fact-Checking (IFCN), do Poynter Institute for Media Studies, à qual o Observador aderiu em 2017, tornando-se no primeiro órgão português a juntar-se àquele que é o maior e mais influente grupo de fact checkers a nível mundial.

A agência noticiosa francesa AFP, a Agência Lupa, o Estadão Verifica (ambos do Brasil), a Maldita.es (Espanha), a Pagella Politica (Itália), o Politicfact (EUA) o Full Fact (Reino Unido), o Teyit (Turquia) The Quint (Índia), o Taiwan Fact Check Center (Taiwan), o Buzzfeed Japan (Japão) são algumas das publicações que fazem parte desta aliança.

As datas relevantes dos fact checks do Observador

Mostrar Esconder
  • Junho de 2015: Primeiro fact check publicado no Observador;
  • Fevereiro de 2017: Observador torna-se no primeiro órgão português a aderir à Rede Internacional de Fact-Checking (IFCN);
  • Março de 2019: Observador adere a Fact Check EU, plataforma que combateu a desinformação durante as eleições europeias de maio de 2019. Foi o único representante português neste grupo;
  • Abril de 2019: Observador é o primeiro órgão português a aderir a programa de FactChecking do Facebook, uma rede mundial de fact checkers independentes que verifica a autenticidade de conteúdos partilhados no Facebook;
  • Maio de 2019: Rádio Observador emite primeiros fact checks em áudio no podcast Eurovisões;
  • Abril de 2020: Observador adere a Aliança de Fact Checkers contra o coronavírus.

Na secção de Fact Check do Observador pode encontrar dezenas de fact checks sobre o novo coronavírus que vão desde falsas curas ou vacinas a teorias da conspiração.

As 55 informações falsas sobre o coronavírus que já encontrámos nas redes sociais

O Observador tem entrado em vários projetos que visam combater a desinformação nas redes sociais e há cerca de um ano aderiu ao programa de fact-checking do Facebook, através do qual tem ajudado a combater milhares de publicações falsas ou enganadoras publicadas naquela rede social.

Fact Check. Observador em parceria com o Facebook

Também em 2019 o Observador fez parte de uma rede europeia de combate à desinformação sobre a União Europeia, nas eleições europeias de 2019.

Observador em plataforma para combater fake news nas eleições europeias