O cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, presidiu esta sexta-feira à celebração da Paixão do Senhor na Sé de Lisboa. Ao contrário da multidão habitual de Sexta-Feira Santa, a Sé estava vazia, devido à pandemia do novo coronavírus.

No dia em que todos os cristãos são convidados a abeirarem-se da Cruz e a beijarem-na como sinal de fé, apenas o cardeal-patriarca o pôde fazer, devido às restrições impostas pela pandemia. Mas, como destacou na homilia, “a verdade do que ouvimos e contemplamos requer sempre, requer hoje, a nossa presença junto da Cruz que se ergue neste mundo, assolado por tão grave pandemia. Presença orante e solidária.” Por isso, os católicos continuarão a celebrar esta Páscoa em suas casas.

Veja a fotogaleria acima.