Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Dentro de casa, o conforto é a palavra de ordem. E foi para reforçar o lema que as grandes máquinas de marketing criaram o loungewear. Quem nunca tinha ouvido falar também não se impressione em demasia. Afinal, é só o estrangeirismo referente ao que, durante décadas, chamámos roupa de andar por casa. Agora, podemos dizê-lo numa só palavra e encontrar algumas lojas que lhe dedicam secções inteiras.

Coincidentemente, por estes dias, é mesmo o que apetece vestir — umas calças de fato de treino, uma camisola larga, um casaco de malha aconchegante. Não é à toa que estas peças fazem parte de uma lista de 12 itens essenciais para fazer vida entre quatro paredes. No caso de reuniões à distância e videochamadas, a conversa é outra. Nesse caso, há conselhos específicos e a imagem, mesmo em casa, tem de ter outro aprumo.

O conforto é algo que nos chega através da temperatura, do toque, da liberdade de movimentos e da harmonia de cores. É por isso que devemos escolher peças quentes nos dias mais frios, malhas e algodões macios que nos façam querer viver dentro delas e nunca descurar o styling (por via das dúvidas, o melhor é nunca vestirmos nada com que não fossemos capazes de sair à rua.

Blazer e calças de pijama, quem nunca? Um guia de estilo para os dias de isolamento

Por essas e por outras, chegámos a uma seleção final de 12 peças básicas para esta época de confinamento, que mais do que um pretexto para fazer compras online é um ponto de partida para fazer boas escolhas no dia a dia em casa. Estão todas na fotogaleria.