Milhares de adeptos presenciaram esta quinta-feira o regresso da Liga dinamarquesa ao apoiarem o Aarhus e o Randers através do software Zoom, retransmitido em ecrãs gigantes num dos lados do estádio, de bancadas vazias.

Os fãs e os seus inúmeros rostos foram transportados para a ação no Ceres Park, no encontro que marcou o retorno da competição, depois da interrupção devido à pandemia da Covid-19.

Famílias nas suas salas vestindo as t-shirts e empunhando cachecóis dos seus clubes participaram assim no espetáculo que o Aarhus classificou como promotor da primeira “bancada virtual” da história.

O barulho da multidão foi canalizado para a partida na qual havia também espetadores, de papelão, nas desertas bancadas.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas — Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 355 mil mortos e infetou mais de 5,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 2,2 milhões de doentes foram considerados curados.