A Polícia Judiciária (PJ) deteve dois homens indiciados por atingirem a tiro duas outras pessoas durante um desentendimento por “motivos fúteis” junto a um bar de Matosinhos, na madrugada do dia 8 de julho, informou esta quinta-feira fonte policial.

Em comunicado, a PJ refere que um dos alegados autores dos disparos também foi atingido “acidentalmente” pelo outro. Os suspeitos fizeram “pelo menos seis disparos de armas de fogo” junto ao estabelecimento de diversão noturna em Matosinhos, na Rua Brito Capelo, aonde todos os envolvidos se tinham deslocado para festejar o aniversário de um deles.

Os dois homens, que foram detidos na quarta-feira a coberto de mandado judicial, estão indiciados pela prática dos crimes de homicídio qualificado, na forma tentada, e de posse de arma proibida. Trata-se de dois irmãos, um com 24 e 30 anos de idade, com antecedentes por crimes de roubo, sequestro e furto qualificado, detalha a PJ.

Na altura dos factos, a PSP foi a primeira força policial a ser chamada ao local, tendo explicado que os disparos atingiram um dos homens no tórax e os restantes dois nas pernas.