A Câmara de Montemor-o-Novo ativou o Plano Municipal de Emergência (PME) de Proteção Civil devido ao surto de Covid-19 que na segunda-feira registava 25 casos ativos naquele concelho do distrito de Évora, informou esta terça-feira a autarquia alentejana.

O PME foi ativado por deliberação da Comissão Municipal de Proteção Civil de Montemor-o-Novo, reunida na segunda-feira, encontrando-se em vigor desde as 00h desta terça-feira e até às 23h59 de 31 de agosto, de acordo com um comunicado enviado à agência Lusa.

Considerando “o surto de Covid-19 registado no concelho vizinho de Mora e que, entretanto, se estendeu ao concelho de Montemor-o-Novo”, assim como “o impacto deste surto no concelho” e a “preocupação com o impacto da Covid-19 nos grupos de risco, nomeadamente os utentes das Estruturas Residenciais para Idosos, determino a ativação do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil a partir das 00h de 18 de agosto de 2020“, lê-se no comunicado assinado pela presidente da Câmara Municipal, Hortênsia Menino (CDU).

A ativação do PME é uma resposta imediata à necessidade de direção e coordenação no âmbito da Proteção Civil em apoio às Autoridades de Saúde Pública, assegurando a articulação das várias entidades envolvidas na prevenção e resposta ao surto, bem como a garantia de mobilização atempada de meios e recursos”, conclui o documento com a data de 17 de agosto.

A presidente da Câmara de Montemor-o-Novo, Hortênsia Menino, explica, à Rádio Observador, que a decisão se deve ao aumento de casos no concelho, “que até aos últimos dias tinha apenas um caso ativo”. Para a população, “ainda” não há mais restrições, além de um reforço de informação.

Montemor ativa Plano de Emergência face a “acréscimo substancial de casos”

O surto de Covid-19 de Montemor-o-Novo foi divulgado na segunda-feira pela diretora-geral da Saúde, Graça Feitas, que referiu que “ainda está em investigação” a ligação deste foco da doença ao surto do concelho vizinho de Mora, que contabiliza 46 casos ativos de acordo com a última atualização das autoridades locais.

A freguesia do Ciborro concentra a maioria dos casos ativos (10) do concelho de Montemor-o-Novo, de acordo com informações recolhidas esta terça-feira pela Lusa junto de fontes autárquicas locais que confirmaram, também, que “continuam a ser realizados testes” à população do concelho.