A reunião extraordinária do Conselho Europeu marcada para esta semana foi adiado devido à quarentena de Charles Michel, presidente do órgão. Michel entrou em quarentena porque um dos seus colaboradores mais próximos ter sido diagnosticado com Covid-19.

O porta-voz Barend Leyts disse esta terça-feira que Michel “foi informado hoje que um responsável pela segurança, com quem tinha mantido contacto próximo na semana passada, testou positivo para a Covid-19”.

Assim sendo, disse Leyts, o presidente do Conselho Europeu “vai respeitar as regras belgas” e entrou em quarentena imediatamente.