Há um caso positivo de Covid-19 entre os conselheiros de Estado: António Lobo Xavier. O antigo dirigente do CDS esteve na reunião do Conselho de Estado da última terça-feira onde estiveram também as principais figuras do Estado e a Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, convidada especial nesse dia. Este caso surgiu na véspera das cerimónias do 5 de outubro e fez com que todos os conselheiros presentes fossem testados. Nenhum está infetado.

O que se sabe

Confirmação do teste positivo chega cinco dias depois do Conselho de Estado. A notícia de que Lobo Xavier estava infetado com a Covid-19 foi avançada pela SIC na noite deste domingo — cinco dias depois de ter estado presente no Conselho de Estado;

14 dos 19 conselheiros de Estado estiveram presentes na reunião. Além da Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e de Marcelo Rebelo de Sousa, estiveram também presentes: o Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues; o primeiro-ministro, António Costa; o presidente do Tribunal Constitucional, o juiz conselheiro Manuel da Costa Andrade; a provedora de justiça, Maria Lúcia Amaral; os antigos Presidentes da República Ramalho Eanes, Jorge Sampaio e Cavaco Silva; António Lobo Xavier; Luís Marques Mendes; Leonor Beleza; Francisco Pinto Balsemão; Francisco Louçã; Rui Rio e Domingos Abrantes. Eduardo Lourenço, Vasco Cordeiro, presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César e António Damásio não estiveram na reunião presencialmente.

Dois conselheiros estiveram mais próximos de Lobo Xavier. Pelo que é possível ver no vídeo divulgado no site da Presidência, na mesa, o antigo dirigente do CDS tinha, ao seu lado direito Francisco Louçã, e, ao seu lado esquerdo a presidente da Fundação Champalimaud, Leonor Beleza.

Conselheiros à distância de segurança. É também possível ver no vídeo que os conselheiros estiveram a uma distância de segurança considerável e com as máscaras colocadas. Fonte presente no Conselho de Estado disse ao Observador que os conselheiros nunca falaram muito próximo uns dos outros — nas imagens deteta-se uma pequena exceção, quando António Costa cumprimenta Jorge Sampaio e este lhe agarra o antebraço —, mas admitiu que as pessoas que “estavam sentadas ao lado umas das outras possam ter falado por alguns momentos durante a reunião”.

Os conselheiros de Estado começaram logo a ser testados. O Observador apurou que o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa fez um teste logo no dia seguinte ao Conselho de Estado e deu negativo, mas voltou a ser testado por volta das 21h deste domingo. Tanto Presidente como primeiro-ministro participaram em eventos públicos este domingo. Antes de ter sido informado, o primeiro-ministro tinha estado num concerto do cantor Pedro Abrunhosa em São Domingos de Benfica, que começou às 19 horas. Já o Presidente da República esteve, pelas 16h, no encontro “Ciência e Inovação – Construir o Futuro de Portugal”, no Antigo Picadeiro Real, em Lisboa, com os ministros de Estado e da Economia, Pedro Siza Vieira, e com o ministro do Ensino Superior Manuel Heitor.

Os primeiros negativos conhecidos. O Presidente da República, o primeiro-ministro e o presidente da Assembleia da República foram os primeiros a serem testados. De seguida também os antigos Presidentes Cavaco Silva e Jorge Sampaio testaram negativos, bem como a provedora de Justiça, Leonor Beleza, Francisco Pinto Balsemão e Francisco Louçã. A última confirmação só chegou esta segunda-feira.

Cerimónia do 5 de outubro manteve-se. Os planos para a cerimónia do 5 de outubro não foram alterados, já que os três conselheiros que tinham presença prevista já haviam testado negativo antes do início. O presidente do Tribunal Constitucional, Manuel da Costa Andrade, também estaria presente, mas na impossibilidade de fazer o teste a tempo, não marcou presença na Praça do Município.

Ursula Von der Leyen em quarentena. A presidente da Comissão Europeia informou esta segunda-feira de manhã que, tendo em conta as normas em vigor, vai estar em quarentena até terça-feira de manhã após saber que António Lobo Xavier — com quem esteve no Conselho de Estado — testou positivo ao novo coronavírus.

Ursula Von der Leyen informou ainda que fez um teste na quinta-feira, que deu negativo, e que voltará a ser testada esta segunda-feira.