O primeiro-ministro anunciou que vão ser implementadas medidas específicas de contenção da epidemia de Covid-19 em Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras. António Costa esteve reunido esta quarta-feira com os autarcas das três cidades e com o secretário de Estado da Mobilidade, Eduardo Pinheiro, responsável pela Coordenação na Região Norte.

Foi possível identificar um conjunto de medidas que irão ser implementadas nos próximos dias, desde o aumento da capacidade de testagem, de forma a, o mais rapidamente possível, se identificar os casos e se poder cortar as cadeias de transmissão; de aumentar os inquéritos epidemiológicos e se fazer um esforço com a colaboração dos municípios para recuperar o atraso e alargar as pessoas que têm de estar isoladas”, explicou o primeiro-ministro.

António Costa não avançou quais são as medidas que estão em cima da mesa. Garante que vão ser anunciadas “oportunamente”, depois de “falar com os colegas de governo para tomarem decisões e para que elas sejam formalizadas”. No entanto, não há a possibilidade de um cerco sanitário ou de qualquer tipo de confinamento obrigatório: “Estão em causa medidas que visam conter a expansão da pandemia”.

Segundo António Costa, os casos que têm ocorrido neste concelhos têm origem em contactos em contexto social e familiar — não em ambiente laboral ou escolar.

O primeiro-ministro afirma que o Serviço Nacional de Saúde na região mais afetada pela Covid-19 ainda tem capacidade para gerir o aumento de casos, tanto em relação às necessidades de internamento geral, como na unidade de cuidados intensivos.

Ainda assim, Eduardo Pinheiro “vai trabalhar no sentido de criar um conjunto de espaços alternativos para poder responder às situações que não requerem internamento hospitalar, mas que requerem cuidado, quando não existem [condições] no próprio domicílio”, garantiu Costa.

Os seis concelhos onde a Covid-19 mais aumentou. Ficam todos junto ao Porto e separados por pouco mais de 100 km

De acordo com os dados publicados na segunda-feira nos relatórios de situação da Direção-Geral da Saúde (DGS), ficam todos no Porto os seis concelhos com mais casos de Covid-19 onde mais aumentou o número de novas infeções pelo novo coronavírus na última semana, de 12 a 19 de outubro. São Paços de Ferreira, Penafiel, Lousada, Paredes, Porto e Felgueiras.

Entre os 43 concelhos que registam o maior número de contágios de Covid-19 identificados pelas autoridades de saúde, 23 — ou seja, 53,5% — são da região Norte do país. Paços de Ferreira foi o que sofreu um maior aumento em sete dias, mas Lousada é o que tem uma maior concentração de casos por mil habitantes.