Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Foi um dos momentos que marcaram o debate na generalidade do Orçamento do Estado para 2021, esta terça-feira, e já viralizou nas redes sociais. Jerónimo de Sousa falava esta tarde de como o Orçamento “não dá resposta aos problemas estruturais do país”, mas teve de interromper a intervenção para deixar um recado a André Ventura. “Está a achar graça? Não lhe acho graça nenhuma”, atirou o líder comunista.

Logo a seguir, o “raspanete” de Jerónimo de Sousa ao líder do Chega arrancou aplausos do Partido Socialista e um sorriso de Rui Rio, presidente do PSD, face à situação no Parlamento.

Depois do episódio, houve quem tivesse recordado o momento nas redes sociais, incluindo deputados. Tiago Barbosa Ribeiro, deputado do PS, recordou no Twitter Jerónimo de Sousa como “um operário deputado que malha em fachos há uns anitos”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Mas André Ventura também já reagiu. O líder do Chega partilhou o vídeo do momento e referiu que Jerónimo de Sousa “ainda está chateado” com o que aconteceu nos Açores, onde o PCP ficou fora do Parlamento e o Chega elegeu dois deputados. “O Jerónimo de Sousa ainda está chateado comigo por causa dos Açores. Na próxima é o Bloco de Esquerda. Habituem-se!”, escreveu Ventura.