Num contexto pandémico e com muitas restrições à mistura, a campanha dos candidatos às eleições presidenciais de 2021 já prometia ser tarefa complexa. Agora, com um candidato infetado com o novo coronavírus, tudo promete ser ainda mais complicado. Marcelo Rebelo de Sousa testou positivo ao SARS-CoV-2 esta segunda-feira e já cancelou “toda a agenda para os próximos dias, a começar com sessão com os peritos no Infarmed e a audição dos partidos políticos previstas”.

E Marcelo não foi o único. Os outros candidatos foram reagindo esta segunda-feira nas redes sociais e em órgão de comunicação, anunciando em alguns casos adaptações às campanhas. Todos desejaram as melhoras ao adversário na corrida a Belém.

Ana Gomes deseja “boa recuperação” e diz que se “sente muito bem”.

A ex-eurodeputada pelo PS foi das primeiras a reagir ao teste positivo de Marcelo Rebelo de Sousa. Ana Gomes desejou, na sua conta pessoal do Twitter, “a falta de sintomas e rápido e franco restabelecimento” do atual Presidente da República.

Cerca de uma hora depois, a candidata apoiada pelo PAN e pelo Livre anunciou no Twitter que será contactada esta terça-feira pelas autoridades de saúde e que seguirá as “recomendações” que lhe forem instruídas. Além disso, diz desconhecer se existe possibilidade de manter o debate marcado para esta terça-feira, que juntaria todos os candidatos. Ana Gomes revelou igualmente que se sente “muito bem” e não desenvolveu qualquer sintoma. 

Ana Gomes esteve com Marcelo Rebelo de Sousa pela última vez no passado sábado no debate entre os dois candidatos a Presidente da República. A candidata teve esta segunda-feira agenda presencial: uma iniciativa em Mem Martins (Sintra), ao ar livre, e na qual esteve sempre de máscara.

Marisa Matias deseja as “melhoras” e refere que contactou a Linha Saúde 24

A candidata apoiada pelo Bloco de Esquerda também aproveitou para desejar “as melhoras” e fez votos para que Marcelo recuperasse rapidamente num post do Twitter.

Marisa Matias também já contactou a linha SNS24, que considerou que não existiu “contacto de risco” (a candidata esteve com Marcelo no debate de dia 2 de janeiro). No entanto, a candidata pelo BE anunciou que irá suspender a campanha eleitoral até receber o resultado do teste à Covid-19 — que realizou porque ia viajar. Tal como Ana Gomes, vai assistir à reunião de Infarmed via teleconferência.

André Ventura fica em isolamento profilático

O candidato apoiado pelo Chega decidiu ficar, por uma questão de segurança, em isolamento profilático. Assim, todas as ações da campanha eleitoral estão canceladas até ser conhecido o resultado do teste.

O candidato André Ventura está já em isolamento profilático e assim ficará até fazer o teste e obter indicações da DGS. Assim, todas as iniciativas de campanha estão canceladas até ser conhecido o resultado do teste e as recomendações das autoridades de saúde”, informou a campanha de Ventura.

André Ventura, que esteve em debate com Marcelo na passada quarta-feira, também se mostrou disponível para participar no debate desta terça-feira por videoconferência. Em declarações à Rádio Observador, o líder do Chega, que se encontra em Lisboa depois de ter passado o dia no Algarve, explicou que vai fazer o teste às 11 horas e espera ter o resultado antes da hora marcada. Também confirmou que não é um contacto de risco.

João Ferreira deseja “rápidas melhores” com toda a “tranquilidade”

O candidato apoiado pelo PCP deseja ao Presidente da República “rápidas melhoras”, estando a “aguardar mais informações das autoridades de saúde” com toda a “tranquilidade”.

João Ferreira garante que fará de tudo para “assegurar a saúde de todos”. Em relação à continuidade da campanha eleitoral, o comunista aguarda pelas decisões da reunião de amanhã dos especialistas do Infarmed. O candidato esteve com Marcelo Rebelo de Sousa no debate no passado dia 4 de janeiro.

As ações de campanha previstas para esta terça-feira — um encontro com a deputada socialista Isabel Moreira e ainda uma iniciativa com a população em Almada –, foram canceladas.

Tiago Mayan deseja uma “uma rápida e forte recuperação”

Tiago Mayan Rodrigues deixou uma mensagem a Marcelo Rebelo de Sousa, desejando que o Presidente da República não desenvolva sintomas e que recupere da doença, revelou fonte da campanha ao Observador, que também anunciou que o candidato apoiado pela IL tentou contactar sem sucesso o ex-líder do PSD.

Também na rede social Twitter, Tiago Mayan Rodrigues desejou “uma rápida e forte recuperação” a Marcelo Rebelo de Sousa, com que esteve em debate a 3 de janeiro.

Vitorino Silva continua com campanha e deseja as “rápidas melhoras”

Contrariamente aos outros candidatos, o dirigente do RIR (Reagir, Incluir e Reciclar) anunciou no Twitter que ia continuar com a campanha eleitoral, pois foi considerado um contacto de baixo risco,  “visto que [esteve] com o Marcelo na passada quinta-feira, dia 7”. Aproveitou ainda para desejar as “rápidas melhoras” ao Presidente da República.

Antes da divulgação do tweet, o candidato também conhecido por Tino de Rans entrou em direto com a RTP3, dizendo estar “preocupado”, porque não tinha obtido resposta da linha SNS 24. “Estou aqui no quarto, em Lisboa, sozinho e não atendem da linha SNS 24”, disse.

“Na quinta-feira estive com ele e havia acrílicos, estávamos salvaguardados”. Ainda assim, o candidato diz que aguarda instruções. E apelava: “Se me estiverem a ouvir na televisão, estou a tentar ligar”.