Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O Senado dos Estados Unidos considerou esta terça-feira que a Constituição não impede que um ex-presidente seja julgado por impeachment, o que significa que o segundo julgamento de Donald Trump vai efetivamente prosseguir durante o resto desta semana.

Com o voto favorável de 56 senadores (os 50 democratas e seis republicanos), a câmara alta do Congresso norte-americano determinou que o julgamento de um ex-presidente é constitucional. Embora o processo tenha sido aprovado, a votação desta terça-feira mostrou de modo claro como o desfecho mais provável deste segundo impeachment é a absolvição do ex-presidente norte-americano.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.