Tiago Preguiça fez carreira no Governo, tem 34 anos, e chega agora a diretor-geral da Segurança Social, mesmo que a sua formação seja em Estudos Europeus e Relações Internacionais. E, para já, sem ser submetido a concurso, uma vez que foi nomeado em regime de substituição. O despacho da nomeação foi publicado esta segunda-feira em Diário da República e produz efeitos desde o dia 12 do presente mês. No primeiro Governo de Costa, Tiago Preguiça foi assessor e chefe de gabinete precisamente na tutela da Segurança Social, mas no segundo mandato foi levado para o gabinete de António Costa para se ocupar destas áreas. A ida para S.Bento foi assim uma espécie de promoção e é de lá que salta para uma nova promoção: um cargo no topo da Segurança Social.

Tiago Preguiça tornou-se nos últimos anos um homem de confiança dentro do Governo, primeiro de Vieira da Silva e depois de António Costa. De gabinete em gabinete, sempre tendo em mãos dossiers do setor da Segurança Social. Agora, e um ano depois de José Cid Proença (que estava no cargo desde 2006) ter deixado o lugar de diretor-geral da Segurança Social vazio — devido a aposentação —, Tiago Preguiça foi nomeado em regime de substituição e passará mais tarde pelo crivo da CReSAP (Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública), num concurso público. Nessa altura irá beneficiar da vantagem pela experiência que vai adquirir durante este tempo em que estiver à frente da instituição e que começou a contar no dia 12 de Abril.

A licenciatura em Estudos Europeus pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e a pós-graduação em Ciência Política e Relações Internacionais na Universidade Católica Portuguesa não o habilitam diretamente para a gestão de uma área como a Segurança Social, tendo assim apenas a experiência que acumulou na área em cargos de nomeação governamental — onde numa fase inicial terá pesado ser da JS e do PS.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.