Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

As regras nas praias tornam-se, este verão, mais rígidas e passa a haver multas para os incumpridores que vão dos 50 aos 100 euros para pessoas individuais e dos 500 a 1000 euros para pessoas coletivas. É proibido circular sem máscara até chegar ao areal, os semáforos são para cumprir, não há atividades desportivas com mais de duas pessoas, com exceção para aulas com instrutor, como é o caso do surf. O decreto-lei foi publicado esta terça-feira e entra em vigor na quarta-feira.

Como funcionam os semáforos nas praias

  • Verde: ocupação baixa, que corresponde a uma utilização até 50 %;
  • Amarelo: ocupação elevada, que corresponde a uma utilização acima dos 50 % e até 90 %;
  • Vermelho: ocupação plena, que corresponde a uma utilização superior a 90 %.

Os utentes das praias devem

  • Cumprir as normas e orientações emitidas pela Direção -Geral da Saúde (DGS) em matéria de etiqueta respiratória;
  • Assegurar o distanciamento físico de segurança entre utentes no acesso e na utilização da praia e no banho no mar ou no rio;
  • Proceder à higienização frequente das mãos;
  • Usar máscara até chegar ao areal sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável;
  • Evitar o acesso a zonas identificadas com ocupação elevada ou plena;
  • Cumprir as determinações das autoridades competentes;
  • Depositar os resíduos gerados nos locais destinados a esse efeito.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.