Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Chelsea e Manchester City vão defrontar-se no sábado, a partir das 20h, na final da Liga dos Campeões, o que já provocou uma enchente de adeptos estrangeiros na Invicta. A PSP admite que “são muitos” os ingleses que se encontram no Porto, embora não consiga especificar quantos.

Liga dos Campeões. Confrontos entre adeptos no Porto: Polícia teve de intervir e há registo de um ferido ligeiro

Esta sexta-feira, por volta das 21 horas, registaram-se desacatos entre adeptos ingleses na zona da Ribeira, no Porto, confirmou ao Observador fonte da PSP.

Segundo a fonte, os agentes que estavam presentes no local intervieram rapidamente e “sanaram a contenda”. Não há registo de detenções, identificações nem feridos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Em conferência de imprensa na tarde desta sexta-feira, a comandante da PSP Paula Peneda explicou que serão criadas duas fan meeting points, destinadas aos adeptos ingleses, que estarão abertas entre as 8h e as 18h. Uma estará na Alfândega do Porto, para os adeptos do Manchester, e outra na Avenida dos Aliados, para os apoiantes do Chelsea. Não é permitida a mistura de adeptos nestes locais, que serão vedados e de acesso restrito.

Quem pretender entrar nestes espaços será submetido a uma revista “semelhante” à que ocorre à entrada dos estádios. Desta forma, só os adeptos portadores de bilhete e de comprovativo de teste PCR à Covid-19 negativo poderão entrar nestes locais — que terão capacidade para os 6 mil adeptos de cada equipa.

Após a saída dos adeptos, pelas 18h30, as fan meeting points poderão ser frequentadas por todas as pessoas que queiram ver o jogo e não tenham bilhete — ainda que o teste negativo continue a ser obrigatório. Será ainda permitido o consumo, “controlado”, de bebidas alcoólicas em copos de plástico.

A mesma fonte da PSP explicou ainda que aquela polícia vai acompanhar a deslocação dos adeptos portadores de bilhetes até ao estádio, a partir das 16h, em autocarros destinados para tal.

A partir das 15h30, haverá restrições rodoviárias nas zonas da Alfândega e dos Aliados, durante o tempo necessário para os adeptos se dirigirem para os autocarros.

Paula Peneda apela ainda a todos adeptos para que contribuam para “um ambiente festivo, ordeiro e que cumpra as regras em vigor em Portugal” de contenção da pandemia, nomeadamente o uso de máscara, o distanciamento físico e a proibição de consumo de álcool na via pública.

Em resposta aos jornalistas, relativamente aos milhares de ingleses que estão na cidade sem bilhete para assistir ao jogo, a comandante afirma que os ingleses que visitam a cidade são “livres” para o fazer e para frequentarem as esplanadas, e considera que “tem tudo corrido dentro da normalidade”. Ainda assim, admite que na quinta-feira “houve umas caramuças” e que “isso é inevitável”, mas reforça que a PSP está preparada para essas situações, afirmando ter um “forte dispositivo policial”, inclusive com reforços de todo o país e com a colaboração da polícia municipal do Porto.

“Estamos com um dispositivo apropriado para esta situação”, remata.

Questionada ainda sobre a quantidade de ingleses na cidade, apesar de dizer que “têm uma ideia”, não soube especificar, limitando-se a dizer: “São muitos, são bastantes”.