Marcelo Rebelo de Sousa já chegou São Paulo para iniciar a visita de quatro dias ao Brasil, com encontros previstos com os antigos presidentes brasileiros e com o chefe de Estado brasileiro, Jair Bolsonaro. Ainda esta sexta-feira, o Presidente da República vai encontrar-se com o provável candidato para as próximas eleições presidenciais brasileiras e com ex-chefe de Estado, Lula da Silva.

Em declarações aos jornalistas à chegada ao hotel em São Paulo, o Presidente da República destacou, entre os vários eventos da sua agenda para os próximos dias, “a reinauguração do museu da Língua Portuguesa” e sublinhou que “a cultura tem um papel fundamental na convergência entre Portugal e Brasil”.

Com “delicadeza política” e um “álibi formal”, Marcelo reúne-se com Lula e Bolsonaro para garantir futuro das relações com o Brasil

Acompanhado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros Augusto Santos Silva, Marcelo Rebelo de Sousa rejeitou comentar se a sua visita oficial estaria a preparar o futuro das relações luso-brasileiras após as próximas eleições presidenciais do Brasil marcadas para 2022.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Sobre o facto de se encontrar com ex-chefes de Estado como Fernando Henrique Cardoso e Michel Temer, Marcelo Rebelo de Sousa disse que a “realidade da língua portuguesa envolve responsáveis brasileiros como antigos chefes de Estado”, tendo sido muitos aqueles em “que se proporcionou o encontro com o Presidente da República portuguesa”.

Com “delicadeza política” e um “álibi formal”, Marcelo reúne-se com Lula e Bolsonaro para garantir futuro das relações com o Brasil

Esta será a quinta deslocação de Marcelo Rebelo de Sousa enquanto Presidente da República ao Brasil, onde esteve logo no seu primeiro ano de mandato, 2016, para a abertura dos Jogos Olímpicos.

Presidente da República inicia esta sexta-feira a visita de quatro dias ao Brasil