Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Poucos carros marcaram de forma tão evidente o imaginário dos fãs do Mundial de Ralis como o Subaru Impreza. Este modelo, que correu com as cores da 555, venceu o Campeonato do Mundo de pilotos em 1995 (com Colin McRae), em 2001 (Richard Burns) e 2003 (Peter Solberg), para chamar a si o título referente aos construtores em 1995, 96 e 97. Daí o interesse que deverá suscitar o facto de ir a leilão o primeiro Impreza 555 que pontuou num rali do Mundial.

A unidade em causa, que será leiloada pela Artcurial em França, a 24 de Outubro, tem o chassi com o número 93.004, o que significa que foi o Subaru conduzido por Ari Vatanen ao 2º lugar no Rali dos 1000 Lagos de 1993, na Finlândia. Sendo que este foi o primeiro pódio conquistado por um Impreza, mas não o único.

22 fotos

Vatanen não foi o único a conduzir – e a ter sucesso – com este carro de ralis japonês, uma vez que o saudoso Colin McRae também brilhou aos comandos do modelo, tal como o espanhol Carlos Sainz e os acima mencionados Peter Solberg e Richard Burns. Curiosamente, o carro com que o britânico Burns venceu o rali do seu país foi vendido recentemente por 716 mil euros.

Além de rápido, o Subaru Impreza caracterizou-se por estar equipado por um motor 2.0 turbo com quatro cilindros, mas dispostos em H, ou seja, horizontais. É uma solução algo antiquada, que permite melhorar o centro de gravidade, mas que exibe um maior número de peças móveis quando comparado com um “quatro cilindros” em linha. Veja em baixo as imagens, para recordar o que McRae e Sainz eram capazes de fazer aos comandos do Subaru Impreza, enquanto considera a possibilidade de licitar esta “bomba”, que a leiloeira acredita poder atingir entre 450.000€ e 650.000€.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR