Um retrato raro pela portuguesa Paula Rego da escritora e programadora de arte britânica Fiona Bradley vai esta sexta-feira a leilão em Londres, entre obras de Bansky, Basquiat e David Hockney.

“Retrato de FB” data de 1997 e é, segundo a descrição da leiloeira Christie’s, “uma homenagem magnífica à amizade” com a atual diretora do museu The Fruitmarket Gallery, em Edimburgo.

Executado em 1997, o ano em que Bradley coprogramou uma retrospetiva de Rego no museu Tate Liverpool, o retrato é um dos poucos produzidos pela artista portuguesa, a par dos retratos da escritora Germaine Greer e do dramaturgo David Hare.

Passagens ricamente trabalhadas de cores em camadas injetam a carne da modelo com uma qualidade visceral luminosa, capturando o jogo de luz e sombra na sua forma. Ela olha para longe, uma mão atrás da cabeça, como se fosse apanhada num momento a sonhar acordada”, descreve o programa do leilão.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A obra está avaliada entre 250.000 e 350.000 libras (293.000 e 410.000 euros).

O leilão da Christie’s coincide com a feira de arte London Frieze, a decorrer entre 13 e 17 de outubro, e inclui obras que poderão ser arrematadas por vários milhões de euros.

“Because it Hurts the Lungs”, de Jean-Michel Basquiat, está avaliado entre sete e 10 milhões de libras, e “Guest House Garden”, de David Hockney, tem uma estimativa de cinco milhões a sete milhões de libras.