Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O Benfica anunciou esta segunda-feira que a Direção dos encarnados vai reunir com John Textor, empresário norte-americano que já manifestou interesse em investir no clube. Em comunicado, pode ler-se que a reunião terá como intuito “ouvir as suas intenções relativamente ao clube”.

“Após explícita solicitação pública, e indo ao encontro do que foi anunciado antes do período eleitoral, a Direção do Sport Lisboa e Benfica deliberou receber o Sr. John Textor no Estádio da Luz, esta quinta-feira, com o intuito de ouvir as suas intenções relativamente ao Clube”, indica a nota publicada no site oficial dos encarnados. A notícia acaba por não surgir como surpresa já que Rui Costa, eleito presidente do Benfica no passado dia 9 de outubro, nunca escondeu durante a campanha que estava aberto a ouvir “potenciais investidores”.

John Textor “ansioso” para falar com o presidente do Benfica: “Creio que o Sr. Rui Costa merece alguns dias de paz depois das eleições”

“Admito conversar com todos os investidores que possam aparecer. É obrigação nossa até. Ouvir o que têm para dizer e, sobretudo, trazer para o Benfica. Essencialmente é isso, mesmo tendo uma posição minoritária. Há forma de trazer investidores sem perder o domínio na SAD. Não posso pensar em não ouvir em potenciais investidores. Devo perceber que é vantajoso para o clube”, disse Rui Costa em entrevista à BTV, no início do mês.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Já o próprio John Textor, depois das eleições e em entrevista ao jornal A Bola, garantiu que ainda nada estava “planeado” mas que estava “ansioso” pela oportunidade de falar com a Direção encarnada. “Creio que o Sr. [Rui] Costa merece alguns dias de paz depois das eleições, por isso, ainda não o procurei. Estou disponível para viajar até Lisboa num curto espaço de tempo, assim que ele estiver pronto para conversar”, indicou, num cenário que vai tornar-se realidade na próxima quinta-feira. A ideia de John Textor, à partida, é falar sobre a possibilidade de adquirir 25% da SAD do Benfica a José António dos Santos, conhecido como “Rei dos Frangos” e ainda o maior acionista privado do clube.

John Textor, afinal, encontrou-se com Vieira. E está disponível para garantir empréstimo obrigacionista do Benfica

No mesmo comunicado, o Benfica anunciou ainda a distribuição de pelouros pelos elementos da Direção eleita. “Ficou definido que Luís Mendes assumirá o pelouro Financeiro e Relações com o Mercado; Jaime Antunes será responsável pelas áreas do Património e Revisão Estatutária; Fernando Tavares manterá o pelouro das Modalidades; Manuel Brito irá supervisionar a Expansão Internacional; Sílvio Cervan permanece responsável pela área jurídica e Domingos Almeida Lima pelas Casas do Benfica e Fundação Benfica; Rui do Passo assume a área da Inovação e Tecnologia e José Gandarez a área Comercial e Relações Institucionais”, pode ler-se.