Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

El Salvador quer construir a primeira cidade Bitcoin, alimentada a energia geotermal do vulcão Conchagua, anunciou o presidente Nayib Bukele, num evento de promoção da criptomoeda. Esta decisão surge depois do país ter aceitado a Bitcoin como moeda e de ter começado a mineração da criptomoeda utilizando a energia geotérmica de vulcões do país.

O investimento inicial para a construção desta Bitcoin City virá de fundos apoiados pela criptomoeda. Metade do IVA angariado pela cidade será usado para “construir a cidade”, enquanto o resto será direcionado para manter as ruas “arrumadas e limpas”.

El Salvador está a usar energia de vulcões para minerar bitcoin

Caraterizando a futura cidade como “totalmente ecológica”, o presidente de El Salvador incentivou ao investimento na cidade: “Invistam aqui e façam todo o dinheiro que quiserem”, mencionou citado pela Reuters.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Além disso, a cidade que pretende “incluir tudo”, desde áreas residenciais e museus a restaurantes e aeroportos, será circular, dedicada à forma da moeda. A localização prevista da cidade é na zona do Golfo de Fonseca, entre La Unión e Conchagua.

Ainda não há datas para a construção ou para a conclusão da obra, porém Nayib Bukele estima que a cidade custará cerca de 300 mil bitcoins.