A palavra-chave é ajudar. Por isso, se já está a contorcer-se de dor ante a perspetiva de ter de voltar a estudar dinastias, sistemas do corpo humano, figuras de estilo ou a fórmula de cálculo do pi, relaxe: não é disso que vamos falar. Quem regressa às aulas, aos trabalhos de casa e ao estudo são as crianças. Aos pais “só” cabe a tarefa de os assistir e orientar — e fiscalizar também, vá. Continua receoso? É normal. Se assim não fosse, o advérbio da frase anterior não apareceria entre aspas. Porque ajudar as crianças a criar hábitos e métodos de estudo é uma tarefa complicada, mas que poderá fazer toda a diferença — e não “apenas” na fase de entrega de notas –, pedimos ajuda a quem percebe do assunto.

É a psicopedagoga Tânia Rangel, especialista em treino cognitivo, técnicas e métodos de estudo e programas comportamentais, quem garante a eficácia das dicas que se seguem. “Uma das vantagens de utilizar métodos e planos de estudo surge ao nível da motivação. E não só: as crianças que sabem que têm uma estratégia por trás e que são envolvidas na construção dessa mesma estratégia tendem a desenvolver uma maior autonomia, que é um dos problemas que mais vemos atualmente, até com crianças mais velhas, do 3.º ciclo. A autonomia leva à motivação, à persistência, a uma maior vontade de fazer e de fazer bem. E também lhes diminui a ansiedade. No fundo, tudo isto dá-lhes mais competências pessoais e comportamentais, aprendem a ser mais responsáveis e também a lidar com a frustração”, explica a psicopedagoga do SEI, Centro Desenvolvimento Aprendizagem.

"Uma das vantagens de utilizar métodos e planos de estudo surge ao nível da motivação. E não só: as crianças que sabem que têm uma estratégia por trás e que são envolvidas na construção dessa mesma estratégia tendem a desenvolver uma maior autonomia, que é um dos problemas que mais vemos atualmente, até com crianças mais velhas, do 3º ciclo."
Tânia Rangel, psicopedagoga

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.