18 de maio de 2020: a segunda fase de desconfinamento após seis semanas de estado de emergência, declarado por causa da pandemia da Covid-19, permitiu que os restaurantes voltassem a abrir portas. Para mostrar aos portugueses que podiam confiar neste regresso gradual à normalidade, o primeiro-ministro António Costa escolheu o restaurante Alfaia, no coração do Bairro Alto, em Lisboa, para um almoço com o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues.

Um dia depois, a foto de ambos — captada por vários órgãos de comunicação social, entre eles o Observador — circulava nas redes sociais com alguns elementos extra: um quadro na parede que exibe uma idosa a procurar comida num caixote do lixo, e respetiva iluminação, em contraste com uma mesa farta, com um leitão assado e várias garrafas de vinho. Apesar de ser nítida a fotomontagem, muitos utilizadores acreditaram nela e apressaram-se a tecer comentários, consternados com a refeição de ambos.

Uma das publicações que está a circular no Facebook

Apesar de ser evidente que é uma fotomontagem, esta publicação já contava na quarta-feira, 27 de maio, com mais de 100 partilhas e tinha mais de 17 mil visualizações. As diferenças entre a foto original a que está a circular no Facebook são evidentes, como pode comprovar abaixo:

À esquerda a fotografia captada por João Porfírio para o Observador mostra os dois antes da refeição e revela que o quadro da fotografia da direita (que circula nas redes) não existia

O Observador acompanhou este almoço e a imagem captada mostra que, pelo menos, na parede não existia aquele quadro. Mas existia um elemento novo: a ementa, uma forma de não andar a passar de mão em mão foi colá-la na parede. Apesar de a imagem captada ter sido feita ainda antes de a refeição ter sido trazido à mesa, naquele dia Ferro Rodrigues escolheu almoçar carne de porco à alentejana e António Costa comeu raia, como descreve o Observador.

O almoço do primeiro-ministro e do presidente da Assembleia da República foi registado por vários órgãos de comunicação social e foi possível captar de diversos ângulos a sala do Alfaia. Em nenhuma fotografia aparece semelhante quadro ao da imagem que circula nas redes sociais e nas diversas reportagens escritas ou televisivas é possível perceber rapidamente que as refeições escolhidas por ambos não incluíam leitão assado. As garrafas de vidro que aparecem por detrás — e que parecem ser de água e vinho — também não constam em nenhuma das fotografias captadas pelo fotojornalista do Observador.

Conclusão

A foto que circula nas redes sociais, para causar indignação e que mostra António Costa e Ferro Rodrigues à mesa para comerem um leitão e beberem várias garrafas de vinho, é uma fotomontagem e é falsa. No almoço real, Ferro Rodrigues escolheu almoçar carne de porco à alentejana e António Costa comeu raia. O quadro não existia na parede nem aquelas garrafas estavam em cima da mesa.

Assim, segundo a classificação do Observador, este conteúdo é:

 Errado

No sistema de classificação do Facebook este conteúdo é:

FALSO: as principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

Nota 1: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact checking com o Facebook.

Nota 2: O Observador faz parte da Aliança CoronaVirusFacts / DatosCoronaVirus, um grupo que junta mais de 100 fact-checkers que combatem a desinformação relacionada com a pandemia da COVID-19. Leia mais sobre esta aliança aqui.

IFCN Badge