A imagem é de Graça Fonseca, ministra da Cultura. Segura o rosto com a mão direita, enquanto o seu dedo médio aparece esticado. A imagem do gesto obsceno tornou-se viral nas redes sociais, mas não é real. A imagem da titular da pasta da Cultura foi manipulada: um dos seus dedos foi apagado para criar a ilusão de que a governante estava a fazer um gesto obsceno.

Publicação já foi partilhada centenas de vezes

Na publicação do Instagram, que já teve centenas de partilhas, não se faz qualquer menção ao local ou à data em que a imagem teria sido captada.

A fotografia original — como é fácil de verificar fazendo uma pesquisa reversa de imagens —  é da autoria de Cristina Bernardo, fotojornalista do Jornal Económico. Foi naquele jornal, aliás, que a imagem da ministra da Cultura foi originalmente publicada em 2019, tendo, depois disso, sido utilizada várias vezes para ilustrar notícias onde a protagonista é Graça Fonseca.

Antes da manipulação, a ministra surge com o rosto apoiado sobre a mão direita, sendo visíveis o polegar, o dedo indicador e o dedo médio. O anelar e o mindinho estão dobrados, não sendo visíveis na fotografia.

A fotografia original foi publicada no Jornal Económico

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Conclusão:

A imagem é falsa. A fotografia da ministra da Cultura foi manipulada. Um dos dedos de Graça Fonseca foi apagado para sugerir que estava a fazer um gesto obsceno.

Segundo a classificação do Observador, este conteúdo é:

ERRADO

No sistema de classificação do Facebook, este conteúdo é:

FALSO: As principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

Nota: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact checking com o Facebook.

IFCN Badge