Publicação no Facebook quer dar a entender que Jerónimo de Sousa teria feito a saudação nazi. A imagem foi registada durante a campanha para as legislativas de 2019, na embarcação “Boa Esperança”, em plena Ria Formosa, mas não, Jerónimo não fez qualquer saudação nazi conforme a publicação quer sugerir. “Será que o Jerónimo também é NAZI?!!”, questiona o texto que acompanha a imagem do líder comunista de braço estendido.

Publicação partilhada no facebook com fotografia original cortada

A publicação questiona se “deste” ninguém fala, depois de André Ventura, do Chega, ter sido acusado de ter feito a saudação nazi durante a manifestação ‘Portugal não é racista’, nas ruas de Lisboa. Uma imagem capturada e amplamente difundida do líder do Chega com o braço e mão estendida no ar gerou muitos comentários e críticas nas redes sociais. Ainda antes dessa ocasião, durante um comício no Porto, um dos apoiantes foi filmado a fazer a saudação nazi e André Ventura — que manifestou incómodo com o caso — chegou mesmo a ser chamado pelo Ministério Público para testemunhar.

Voltando à publicação no Facebook que faz a insinuação sobre Jerónimo de Sousa. A fotografia original, do fotojornalista da agência Lusa Luís Forra, foi registada no momento em que Jerónimo de Sousa e Tiago Raposo (cabeça de lista pelo círculo eleitoral de Faro, que falhou a eleição) saudavam alguns apoiantes que estavam já na margem à espera de curtas declarações do secretário-geral do PCP, que se realizariam depois de um passeio na Ria Formosa.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Sendo esta uma ação de campanha em que o Observador esteve presente é possível afirmar com certeza em que momento a imagem foi registada e o que estava a acontecer. Na publicação, o utilizador do Facebook corta a totalidade da imagem, quase retirando o candidato Tiago Raposo da mesma, procurando descontextualizar a situação. Em momento algum se tratou de um gesto que possa ser associado à saudação utilizada por regimes totalitários, mas sim de acenos a quem aguardava nas margens da ria.

Fotografia original de Luís Forra, da agência Lusa

Na imagem original ficam claras as expressões faciais e a presença de câmaras de jornalistas, que se encontravam a fazer a cobertura da ação de campanha de 27 de setembro. Depois de desembarcar, na zona ribeirinha de Olhão, Jerónimo de Sousa fez um pequeno comício onde recordou as dificuldades dos mariscadores e da poluição na ria, num dia marcado por bastantes críticas ao PAN — por oposição ao papel d’Os Verdes — e numa altura em que a agenda da campanha eleitoral estava muito marcada pelo caso Tancos.

Nos primeiros segundos de um vídeo publicado pela CDU no YouTube é ainda possível perceber, a partir de terra, o momento em que alguns elementos da comitiva comunista saudavam os apoiantes que os esperavam na zona ribeirinha.

Conclusão:

É falso que Jerónimo de Sousa estivesse a fazer uma saudação nazi na imagem publicada numa partilha de Facebook. Jerónimo, e outros membros da caravana comunista em campanha para as eleições legislativas de 2019, estavam a acenar a alguns apoiantes que se encontravam nas margens da Ria Formosa, a aguardar um pequeno comício com intervenções do secretário-geral do PCP e do cabeça-de-lista pelo círculo eleitoral de Faro Tiago Raposo.

Segundo a classificação do Observador, este conteúdo é:

ERRADO

No sistema de classificação do Facebook, este conteúdo é:

FALSO: As principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

Nota: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact checking com o Facebook.

IFCN Badge