Mario Balotelli, o controverso jogador italiano de origem ganesa, que agora milita no clube turco Adana Demispor, costuma chegar à imprensa internacional por algumas atitudes que protagoniza e afirmações que profere. Ainda esta semana publicou uma story de Instagram onde referiu que as mulheres “apenas interessadas em dinheiro” deviam ser “proibidas de ter filhos”. Mas, desta vez, uma publicação de Facebook mudou a agulha para outra suposta citação de Balotelli. “Desafio-vos a todos os jogadores africanos a juntarem dinheiro comigo para deixarem a Europa racista e construírem estádios em África e desenvolverem os nossos jovens”, terá dito o antigo jogador do AC Milan. Chegou às 6,2 mil partilhas e aos 66 mil gostos. Trata-se, no entanto, de uma publicação falsa.

Publicação alega que Balotelli quer jogadores africanos em África.

A verdade é que este alegado discurso está ligado a alguns episódios de racismo que Mario Balotelli sofreu em clubes italianos como o Brescia. Ainda no ano passado, uma partida entre este último clube e a Lazio teve de ser interrompida por insultos racistas contra Balotelli. Em 2019, o mesmo problema: insultos racistas vindos diretamente da bancada, com a ameaça de Balotelli de abandonar o campo, após ter mandado a bola para junto do público. Notícias e episódios como estes são muitos e visam jogadores negros em diferentes campeonatos de futebol. No caso de Balotelli, ao fazer-se uma pesquisa na internet, encontram-se resultados desde, pelo menos, 2014.

No entanto, em várias pesquisas por declarações semelhantes na internet, não é de todo possível encontrar qualquer registo público de Balotelli a falar da “europa racista” e de um convite a “todos os jogadores africanos” para rumarem a África.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

E, olhando para a publicação em si, em nenhum momento é referido o local e a data em que Balotelli terá proferido aquele discurso mais polémico. Por outro lado, já não é a primeira vez que este texto surge nas redes sociais, quer no Facebook, quer no Twitter. De forma igual, já surgiram outros fact-checks sobre Balotelli, depois de outras alegadas frases mais acesas do jogador de 30 anos terem surgido na internet.

Conclusão

O jogador italiano Mario Balotelli é conhecido por ser vocal contra o racismo mas também por se envolver em polémicas que vão parar às capas dos jornais. Só que, desta vez, está no centro de uma publicação falsa sobre uma alegada pretensão sua em levar os jogadores africanos que actuam na “Europa racista” de regresso para África. Não há qualquer registo público desse discurso, nem é possível encontrá-lo na imprensa internacional. Depois, já não é a primeira vez que esta publicação surge nas redes sociais. Ainda assim, o texto continua sem qualquer fonte credível, data ou local em que foi proferido.

Assim, de acordo com o sistema de classificação do Observador, este conteúdo é:

ERRADO

No sistema de classificação do Facebook, este conteúdo é:

FALSO: As principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

IFCN Badge